Bayern visita Arsenal após goleada que encaminhou vaga nas quartas de final

(Atualiza com confirmação da presença de Manuel Neuer no Bayern de Munique).

Londres, 6 mar (EFE).- O Bayern de Munique visitará nesta terça-feira o Arsenal, na volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, levando na bagagem a vantagem obtida na partida de ida, na Allianz Arena, em que goleou por 5 a 1.

A equipe alemã pode perder por três gols de diferença que conseguirá avançar à próxima fase. Além disso, também servem derrotas por 6 a 2, 7 a 3 e assim por diante, por causa do critério de tentos anotados na condição de visitante.

Os 'Gunners', que chegam em meio a crise, precisarão, no mínimo, devolver o placar da ida, para conseguir forçar prorrogação, levar a melhor por 4 a 0 ou por cinco gols de frente, para alcançar uma história virada na série eliminatória.

O Bayern vem para o jogo de volta embalado, com uma série de três vitórias em que a veia artilheira da equipe reapareceu. Primeiro, goleada sobre o Hamburgo por 8 a 0, pelo Alemão, depois as vítimas foram Schalke 04 por 3 a 0, pela Copa da Alemanha, placar repetido em êxito sobre o Colônia, no campeonato nacional.

Com a classificação encaminhada, Ancelotti poderia, poupar alguns titulares, como o goleiro Manuel Neuer, que apresentou dores musculares nos últimos dias. O comandante, no entanto, descartou a entrada de Sven Ulreich, que atuou apenas uma vez na temporada, na derrota para o Rostov por 3 a 2, pela fase de grupos, garantindo a presença do dono da meta.

O meia-atacante Douglas Costa, que sentiu lesão no fim de semana, era outro especulado para uma possível substituição pela comissão técnica, mas deverá atuar. Já o lateral-direito e capitão, Philipp Lahm, está fora do confronto por estar suspenso. Com isso, o reserva natural Rafinha deverá entrar em campo.

O Arsenal, por sua vez, chega pressionado pela goleada, aliada a derrota do fim de semana para o Liverpool por 3 a 1, pelo Campeonato Inglês. Para piorar, no duelo pela competição nacional, o atacante Alexis Sánchez acabou ficando no banco de reservas, expondo um suposto problema de ambiente.

O barração do chileno teria sido motiada por uma briga com o técnico francês Arsene Wenger, de acordo com a imprensa britânica. Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva, o comandante 'gunner' negou o desentendimento e garantiu que a informação é "completamente falsa".

Para o jogo de volta das oitavas, a grande novidade da equipe inglesa deverá ser o retorno do meia galês Aaron Ramsey, que se recuperou de lesão, no entanto, ainda não deverá ter condições de começar como titular.

Já desfalcado do zagueiro Per Mertesacker, do volante Mohammed Elneny e do meia Santi Cazorla, o Arsenal ainda perdeu o meia Mesut Özil, que, por causa de uma forte gripe, já desfalcou a equipe no duelo com o Liverpool. Theo Walcott deverá ser o substituto do alemão.


Prováveis escalações:.

Arsenal: Ospina; Bellerín, Mustafi, Koscielny e Monreal; Coquelin, Xhaka, Oxlade-Chamberlain, Iwobi e Walcott; Sánchez. Técnico: Arsene Wenger.

Bayern de Munique: Neuer; Rafinha, Martínez, Alaba, Bernat; Kimmich, Thiago, Müller; Douglas Costa, Robben; Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti.

Árbitro: Tasos Sidiropoulos (Grécia), auxiliado pelos compatriotas Damianos Efthimiadis e Polychronis Kostaras.

Estádio: Emirates Stadium, em Londres (Inglaterra). EFE