Real Madrid vence Betis e conta com tropeço do Barça para voltar a liderar

Madri, 12 mar (EFE).- O Real Madrid reassumiu neste domingo a liderança do Campeonato Espanhol, ao derrotar o Betis, em casa, por 2 a 1, horas depois da vitória do Deportivo La Coruña sobre o Barcelona, pelo mesmo placar, no estádio El Riazor.

O time comandado pelo francês Zinedine Zidane, no entanto, precisou ser salvo mais uma vez pelo zagueiro Sergio Ramos, que, aos 36 minutos do segundo tempo, balançou as redes de cabeça e deu números finais ao duelo disputado no estádio Santiago Bernabéu.

Antes, aos 24 da etapa inicial, o meia-atacante paraguaio Antonio Sanabria colocou o Betis na frente, em falha do goleiro costa-riquenho Keylor Navas. O Real buscou a igualdade pouco antes do intervalo, aos 41, com gol do atacante português Cristiano Ronaldo.

Pouco antes de Ramos garantir a vitória ao time madrilenho, a equipe de Sevilha ficou com um homem a menos, devido a expulsão do lateral-direito Cristiano Piccini.

Com a vitória, o Real, que contou com o lateral-esquerdo Marcelo por 90 minutos, chegou aos 62 pontos, em 26 jogos disputados pelo Espanhol, recuperando assim a liderança, já que o Barcelona ficou estacionado nos 60.

A equipe catalã acabou derrotada pelo La Coruña por 2 a 1, em partida que atuou desfalcado de Neymar e de "ressaca" por ter goleado o Paris Saint-Germain por 6 a 1, revertendo desvantagem de ter perdido na ida por 4 a 0, avançando assim às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O Barça saiu atrás do placar aos 40 do primeiro tempo, graças a gol de Joselu. O time, que teve Lionel Messi, Luis Suárez e Arda Turan no trio ofensivo, conseguiu deixar tudo igual logo no primeiro minuto da etapa complementar, quando o centroavante uruguaio conseguiu balançar as redes.

A virada não veio e, para piorar, o La Coruña chegou ao segundo gol aos 29, quando o meia Álex Bergantiños deu números finais ao duelo, para delírio da torcida.

Em situação pouco usual no Campeonato Espanhol, nenhum brasileiro entrou em campo hoje. Neymar e Rafinha Alcântara, ambos lesionados, não foram relacionados por lesão. A situação foi parecida no 'Depor', em que o zagueiro Sidnei e o volante Guilherme também foram desfalques.

Ainda neste domingo, o Villarreal se manteve firma na briga por uma vaga na Liga dos Campeões da Europa, ao vencer fora de casa o Celta de Vigo por 1 a 0. O resultado fez o Submarino Amarelo chegar aos 48 pontos, quatro atrás do Atlético de Madrid, quarto colocado.

O gol isolado da partida foi marcado pelo atacante Roberto Soldado, aos 45 minutos do primeiro tempo.

No jogo que abriu o dia no Espanhol, o Athletic Bilbao levou a melhor sobre a Real Sociedad por 2 a 0, em duelo de equipes do País Basco. O meia Raúl García, de pênalti, e o atacante Iñaki Williams foram os artilheiros no estádio Anoeta. EFE