Em busca de classificação inédita, Napoli recebe Real após derrota na ida

Nápoles (Itália), 6 mar (EFE).- O estádio de San Paolo promete pegar fogo nesta terça-feira para empurrar o Napoli à inédita classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões, díficil objetivo que terá pela frente o atual campeão Real Madrid, que venceu o jogo de ida por 3 a 1 de virada no Santiago Bernabéu.

Se por um lado o clube italiano luta para estar pela primeira vez entre as oito melhores equipes do torneio continental, a equipe espanhola conseguiu se classificar nas seis últimas vezes em que disputou as oitavas de final.

Máquina de fazer gols, desde o dia 30 de abril do ano passado, o Real Madrid balançou as redes adversárias pelo menos uma vez em todas as partidas que disputou, sendo um recorde de 46 jogos.

Além do bom momento, o Real Madrid terá praticamente força máxima para o confronto fora de casa. A única ausência será o zagueiro Raphael Varane, que está lesionado e pode ser substituído por Pepe no time titular.

O técnico Zinédine Zidane não deve hesitar ao alinhar no ataque Gareth Bale, Karim Benzema e Cristiano Ronaldo, recuperado de dores musculares. De olho na partida desta terça-feira, Zidane poupou Marcelo, Carvajal e Kroos na vitória por 4 a 1 sobre o Eibar no fim de semana, pelo Campeonato Espanhol.

A dura missão do Napoli será se recuperar da derrota na partida de ida, desta vez com o apoio de 60 mil torcedores em um caldeirão no San Paolo, onde o time só perdeu uma das 20 partidas disputadas por torneios continentais.

A virada sofrida no Santiago Bernabéu gerou um complicado momento em nível moral, mas a recente vitória por 2 a 1 sobre a Roma fora de casa pelo Campeonato Italiano renovou o ânimo da equipe para enfrentar o Real Madrid.

À exceção do zagueiro Lorenzo Tonelli, o técnico Maurizio Sarri poderá contar com todo o elenco. A expectativa é que a escalação utilizada seja a mesma que foi a campo no jogo de ida.

Além do goleiro Pepe Reina, um dos protagonistas do triunfo sobre a Roma, a defensa deve ser formada por Hysaj, Albiol, Koulibaly e Ghoulam. À frente, o capitão Hamsik lidera o meio acompanhado por Diawara e Zielinski, que foram poupados no sábado. No ataque, Callejón, Mertens e Insigne devem formar o trio titular, com Milik como opção no banco.


Prováveis escalações:.

Napoli: Reina; Hysaj, Albiol, Koulibaly e Ghoulam; Zielinski, Diawara e Hamsik; Callejón, Insigne e Mertens. Técnico: Maurizio Sarri.

Real Madrid: Keylor Navas; Carvajal, Pepe, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric; Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema. Técnico: Zinédine Zidane.

Árbitro: Cüneyt Çakir (Turquia), auxiliado pelos compatriotas Bahattin Duran e Tarik Ongun.

Estádio: San Paolo, em Nápoles (Itália). EFE