Resposta irônica! Mourinho responde a protestos da torcida do Chelsea

Mourinho foi acusado de fraude fiscal (Foto: PAUL ELLIS / AFP)

Eliminado na Copa da Liga pelo Chelsea por 1 a 0, na última segunda-feira, o técnico Mourinho reencontrou o ex-clube inglês - Ficou por lá de 2004 até 2007 e de 2013 até 2015 - e foi alvo de provocações de sua antiga torcida, que o chamou de Judas por assumir o comando do Manchester United. Sem papas na língua, como de costume, o português respondeu com ironia.

- Eles podem me chamar do que quiserem. Sou profissional e defendo o meu clube. Agora, até algum treinador vencer quatro Premier Leagues para eles, serei o número um. Quando alguém vencer a Premier League quatro vezes para eles, eu serei o número dois. Neste momento, o Judas é o número 1. - afirmou Mourinho.

Ainda na disputa da Liga Europa, Mourinho afirmou que isso aumenta o desgaste dos jogadores do Manchester United. E utilizou ainda mais ironia para falar do ex-clube.

- Nosso adversário poderia (estar disputando algum torneio continental). Deixei o clube na Liga dos Campeões, como líder do grupo, o que dava o direito de fazer o segundo jogo das oitavas em casa. Se tivessem vencido a Liga dos Campeões no ano passado, estariam jogando um torneio continental. Então, não é minha culpa.- finalizou

O Manchester United volta a campo na próxima quinta-feira, 16 de março, contra o Rostov, pelo jogo de volta da Liga Europa. Enquanto o Chelsea enfrenta no próximo sábado, 18 de março, o Stoke City, pela Premier League.







E MAIS: