Responsável por marcar Mbappé, lateral da Polônia vibra após ganhar camisa de craque da França: 'Vou emoldurar'

O lateral-direito Matt Cash, responsável por marcar Kylian Mbappé na derrota da Polônia para a França, por 3 a 1, nas oitavas de final da Copa do Mundo, saiu de campo satisfeito. Embora Mbappé tenha marcado dois golaços e comandado a classificação francesa, Cash ressaltou ter vencido alguns duelos com o craque adversário, e ainda comemorou um "prêmio": a camisa 10 usada por Mbappé no duelo deste domingo.

Na hora do gol: Descubra tudo sobre as comemorações mais icônicas dos craques da Copa

Simulador do GLOBO: Decida o que vai acontecer em cada fase da Copa do Mundo

-- Ele obviamente é inacreditável, provavelmente o mais duro oponente que eu já enfrentei. Passei a tarde assistindo seus vídeos, sabia que seria um teste difícil. A diferença é que, quando assisti aos vídeos, estava na cama (risos). No fim do jogo perguntei se ele me daria sua camisa, e ele me deu. Então estou encantado com isso -- disse Cash, com bom humor, na zona mista após a partida.

Tabela da Copa: Confira todos os resultados, datas e confrontos do Mundial do Catar

Jogador do Aston Villa, Cash disse que até esta Copa do Mundo considerava o ponta Raheem Sterling, titular da seleção inglesa, o adversário mais desafiador que havia marcado -- eles já se enfrentaram algumas vezes pelo Campeonato Inglês, com Sterling vestindo as cores do Manchester City e do Chelsea.

Após esta Copa, no entanto, Cash se mostrou impressionado com a dificuldade para marcar Mbappé, neste domingo, e também o craque argentino Lionel Messi, a quem enfrentou na fase de grupos.

-- Enfrentar Messi e Mbappé em um intervalo de 4 dias foi incrível. Contra Mbappé, fiz tudo o que eu podia, mas houve momentos em que ele encontrou espaço. Vou emoldurar (a camisa) (risos), provavelmente junto com a de Messi - afirmou Cash.