Reservão do Santos vence Novorizontino de virada e decidirá vaga em casa

SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos venceu com o Novorizontino por 3 a 1, de virada, nesta quarta-feira (29), na Vila Belmiro, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Classificados para as quartas de final, os dois times pouparam praticamente todos os seus titulares para o duelo. A equipe santista entrou apenas com um titular –goleiro Vanderlei.

O resultado fez o Santos alcançar o seu único objetivo na partida. A equipe santista terminou na primeira colocação do grupo D e, por isso, decidirá o duelo contra a Ponte Preta, pelas quartas de final, em casa. O primeiro jogo ocorre neste final de semana, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O atacante Kayke marcou os dois gols da equipe santista na partida. Além de fazer os gols, o centroavante se movimento bastante e fez o pivô em diversas jogadas do ataque santista. Kayke vinha de atuações apagadas e chegou ao seu terceiro gol no Paulistão. Thiago Ribeiro fechou o placar para o Santos.

O zagueiro Guilherme Teixeira foi inocente ao colocar a mão na bola e ceder o pênalti que originou no gol de empate do Santos. O zagueiro quase agarrou a bola dentro da área. Kayke não perdoou e fez de pênalti.

O camisa 9 do Novorizontino não traz boas lembranças aos torcedores do Santos. Trata-se do atacante Nilson, que ficou marcado por perder um gol sem goleiro no primeiro jogo da final da Copa do Brasil de 2015, entre Santos e Palmeiras, na Vila Belmiro. Ao ser notado em campo, o centroavante foi xingado pela torcida santista.

O técnico Dorival Júnior entrou apenas com o goleiro Vanderlei de titular, enquanto Silas escalou apenas dois titulares –o goleiro Michael e o lateral esquerdo Igor. Os dois times estão classificados para as quartas de final do Campeonato Paulista. Enquanto os santistas encaram a Ponte Preta, o time do interior paulista enfrenta o Palmeiras.

O Santos está interessado em contratar o meia-atacante Rodrigo, jovem de 16 anos, que fez a sua estreia no Paulistão diante do Santos nesta quarta-feira. O atleta se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano e, por isso, chamou a atenção da comissão técnica e diretoria santista. O meia teve atuação discreta na partida.

O Santos não sentiu falta do meia Lucas Lima, destaque do time na temporada. O camisa 10 soma sete assistências e dois gols em 2017. O seu substituto no jogo, o meia Rafael Longuine, teve dificuldades para encontrar espaços no primeiro tempo, mas participou dos dois gols do Santos na partida.

Já o Novorizontino, que também entrou em campo com time alternativo, expôs falta de qualidade técnica. O time do interior abriu o placar com Henrique em jogada de contra-ataque, mas não resistiu e sofreu o empate no primeiro tempo. Longuine chutou de fora da área e o zagueiro Guilherme Teixeira colocou a mão na bola. Pênalti. Na cobrança, Kaike empatou.

SANTOS

Vanderlei; Matheus Ribeiro, Cleber, Yuri, Jean Mota; Leandro Donizete, Léo Cittadini (Matheus Oliveira) e Rafael Longuine; Copete, Kayke (Arthur Gomes) e Vladimir Hernández (Thiago Ribeiro)

T.: Dorival Jùnior

NOVORIZONTINO

Michael, Railan, Jéci, Guilherme Teixeira e Igor; Henrique Santos, Vitor Tormena, Caíque, Rodrigo; Henrique (Klenisson) e Nilson (Artur)

T.: Silas

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)

Público/renda: 3.195 / R$ 82.270,00

Gols: Henrique (N), aos 10 min do 1º tempo; Kayke (S), aos 35 min do 1º tempo e aos 13 do 2º tempo; e Thiago Ribeiro (S), aos 42 min do 2º tempo

Cartões amarelos: Yuri e Léo Citaddini (S); Guilherme Teixeira, Igor, Henrique Santos e Caíque (N)