Rescisões de Cacá e Patrick Brey são publicadas e Cruzeiro recebe 1ª parcela pela venda do zagueiro

Valinor Conteúdo
·1 minuto de leitura


A rescisão de contrato do lateral-esquerdo Patrick Brey com o Cruzeiro foi publicada no BID, da CBF, nesta terça-feira, 16 de março. O contrato do Brey com a Raposa, foi firmado em 2018 e iria até o fim de março. Porém, as partes entraram em acordo e o vínculo foi encerrado de forma antecipada.

Patrick Brey não figurou nos planos de Felipe Conceição para a temporada, com a Raposa optando em ficar com Matheus Pereira e contratar Alan Ruschel para a posição.

O jogador estava vinculado ao Cruzeiro desde abril de 2018, após fazer bom Campeonato Mineiro com a camisa do Tupi. Porém nunca se firmou e foi emprestado para Coritiba e Ferroviária. Em 2020 retornou, teve uma sequência de jogos na Série B, mas não correspondeu, tendo atuações ruins na competição.

Cacá também rescinde

O zagueiro Cacá, que foi negociado com o futebol japonês, também teve sua rescisão publicada no BID. Ele irá jogar no Tokushima Vortis, do Japão. O clube japonês pagou a primeira parcela da compra, no valor de R$ 3 milhões. A segunda metade será paga em 2022.