Representante do governo Bolsonaro chega a Tóquio para Jogos Olímpicos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para representar o governo federal nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o ministro da Cidadania, João Roma, desembarcou na noite desta quarta-feira na capital japonesa. Ele participará da cerimônia de abertura, que acontece nesta sexta-feira, às 8h (de Brasília).

> Confira quem conquistou o primeiro ouro brasileiro em cada modalidade >

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O governo informou que Roma permanecerá na capital japonesa até segunda-feira e que, no período, ele cumprirá uma série de compromissos oficiais.

- Depois de uma longa viagem, de quase 40 horas, chegamos aqui a Tóquio. Estou acompanhado do presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, e fomos recepcionados pelo embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Saboia, para darmos sequência a uma intensa programação, representando o Governo Federal, na Abertura dos Jogos de Tóquio. Que venham os Jogos Olímpicos - afirmou João Roma.

O ministro gravou ainda um vídeo direcionado à delegação nacional, para parabenizar atletas, treinadores e demais integrantes da delegação pela conquista da vaga para representar o país no megaevento.

- O Governo Federal deseja a atletas, comissões técnicas e profissionais envolvidos muito sucesso nesse grande desafio que são os Jogos Olímpicos de Tóquio. O esforço e a dedicação de cada um de vocês nos enche de orgulho e serve de exemplo para toda a nossa nação - afirmou.

Nesta quinta-feira , o ministro, o embaixador, o presidente do COB e o diretor-geral do COB, o campeão olímpico no judô Rogério Sampaio, assistirão à estreia da Seleção masculina de futebol nos Jogos Olímpicos.

Brasil e Alemanha se enfrentam no Estádio Internacional de Yokohama, a partir das 20h30 (horário do Japão, 8h30 da manhã no Brasil), em um duelo com um simbolismo duplo para a equipe nacional. A partida é uma reedição da final dos Jogos Olímpicos Rio-2016, quando o Brasil conquistou o único título que ainda lhe faltava no futebol: a medalha de ouro olímpica.

Além disso, foi no Estádio de Yokohama que a Seleção venceu pela última vez a Copa do Mundo, no Mundial da Coreia e do Japão, em 2002, diante, coincidentemente, da Alemanha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos