Repórter da Globo comete gafe e é acusado de "manipulação política"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
O jornalista Ismar Madeira tem sido criticado nas redes (Foto: Reprodução/Globo)
O jornalista Ismar Madeira tem sido criticado nas redes (Foto: Reprodução/Globo)

A Globo e o jornalista Ismar Madeira estão sendo acusados de “manipulação política” nas redes sociais. Tudo começou na sexta-feira (7), após o repórter entrar ao vivo no ‘Jornal Hoje’, direto da Filadélfia, para mostrar a comemoração de apoiadores de Joe Biden, que venceu Donald Trump na corrida presidencial americana.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Na ocasião, o repórter trocou a palavra “aglomeração” por “festa” e foi mal interpretado. “Estou na Filadélfia, que é a maior cidade da Pensilvânia, exatamente em frente ao Centro de Convenções da Pensilvânia, que é o local onde a contagem de votos está acontecendo. Toda essa aglome... toda essa festa aqui na frente do Centro de Convenções, é de apoiadores de Joe Biden”, disse o jornalista.

Leia também

Para muitos, a troca de palavras escancarou a “manipulação política” da emissora e a parcialidade do repórter. A deputada federal Carla Zambelli compartilhou o vídeo com um emoji sugerindo o problema. Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também questionou a atitude de Madeira em suas redes sociais.

“Claro que é uma festa, se não fossem de esquerda certamente seria AGLOMERAÇÃO. Dia após dia a própria imprensa tratar de se implodir com sua cegueira seletiva”, pontuou.

A palavra “aglomeração” ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter. Algumas pessoas também aproveitaram a discussão para criticar os candidatos às eleições municipais que estão reunindo muita gente em comícios em plena pandemia.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube