Repórter da Globo se emociona com fim do Mundial de Clubes: 'Foi uma jornada muito intensa'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após o encerramento do Mundial de Clubes que consagrou o Bayern de Munique (ALE) tetracampeão do torneio nesta quinta-feira, o repórter Renato Peters, que cobriu o campeonato in loco pela rede Globo, se emocionou durante o "Bom dia SP" desta sexta-feira ao falar sobre as dificuldades da transmissão no Qatar. O jornalista destacou a equipe enxuta e os protocolos sanitários por causa da Pandemia do Covid-19.

> Confira a classificação atualizada da reta final do Brasileirão 2020 e simule os resultados do seu time

- Foi muito legal essa cobertura. Foi uma jornada muito intensa. A Globo decidiu mandar uma equipe enxuta até porque tem a pandemia e existe o risco de contaminação. Aqui no Qatar os casos estão aumentando. Foi muito intensa por causa da equipe reduzida - disse o repórter.

- Tivemos quatro profissionais do grupo. Foi o produtor Fabrício Crepaldi e o André Hernan. E... Meu deus do céu, esse 'Bom Dia SP' emociona. Foi uma cobertura intensa... Ih rapaz, bota as imagens - concluiu Peters emocionado, com lágrimas nos olhos.

O repórter também contou que o plano de internet dos chips que estavam utilizando acabou momentos antes de entrarem no ar e, por isso, ele teve que utilizar os dados do seu celular pessoal.