Repórter da Band diz que foi insultada por seguranças no Qatar: 'Botou o dedo na minha cara'

Isabelly Morais está cobrindo a Copa do Mundo no Qatar (Reprodução/Twitter)


A repórter da "Band" Isabelly Morais disse que foi insultada por seguranças, na madrugada desta quinta-feira, em Doha, no Qatar, durante a cobertura do "Fifa Fan Fest". A mulher relatou que um homem colocou o dedo na sua cara e zombou de sua reação junto com os colegas.

+ Veja até qual fase o Brasil foi em cada Copa do Mundo que disputou desde 1930

Em seu perfil no Twitter, Isabelly disse que ainda não tinha sofrido nenhum problema parecido na cobertura da Copa e relatou a situação ocorrida durante o festival.

- Um segurança da Fan Fest chegou gritando comigo e me mandando ir embora. Tentei argumentar que lá fechava às 2h e eu estava trabalhando. Ele seguiu gritando. Tentou arrancar o celular do meu tripé, e foi aí que eu gritei com ele também e tirei a mão dele - contou.

- Segui dizendo que eu estava trabalhando e ele não ia tocar no meu equipamento. Nisso chegaram vários seguranças. Um cara da Fifa tentava argumentar com o segurança que não precisava daquilo. O segurança botou o dedo na minha cara e me mandou ir embora - prosseguiu a repórter.

+ Na Praia de Copacabana, Fifa Fan Fest recebe torcida empolgada em vitória do Brasil

Isabelly contou que, nesse momento, começou a chorar pelo nervosismo e foi zombada pelos seguranças.

- O segurança começou a zombar da minha cara fazendo um 'nhenhenhé' com a boca e outros seguranças começaram a rir. Eu fui ficando mais nervosa ainda. Alguns torcedores tentavam argumentar para os caras terem paciência, e eu segui juntando os equipamentos pra sair - escreveu.

+ Jornalista relata que foi detido em estádio no Qatar por vestir camisa com arco-íris

Apesar da situação, Isabelly conseguiu sair do evento em posse todos os equipamentos, mas lamentou o ocorrido.

- Estou muito triste com isso tudo. Em nenhum momento o segurança chegou com educação. Chegou gritando, botando a mão no equipamento, zombou da minha cara com os outros seguranças e me expulsaram da Fan Fest como se eu estivesse fazendo algo de errado - desabafou.

- Tenho quase um mês de cobertura pela frente. Sigo firme fazendo o que eu amo. E se, para os seguranças deste país, minha presença incomoda tanto, é justamente aqui que eu devo e vou estar - concluiu.