Renovar com Mbappé é a prioridade do Paris Saint-Germain

·3 minuto de leitura
Mbappé (esq.), di Maria (c) e Neymar durante a partida da Ligue 1 contra o Brest em 23 de maio de 2021

Destronado no domingo na Ligue 1 pelo Lille que acablou ficando com o título de campeão francês, o Paris Saint-Germain tem pressa para virar a página e inicia agora o seu plano de reconquista, cuja prioridade é a renovação do contrato do atacante Kylian Mbappé, seguida de reforçar o seu caixa nos próximos meses, que devem ser agitados na capital francesa.

- Contrato até 2022 -

A cada dia que passa a temperatura sobe. O contrato de Mbappé termina em 2022 e o PSG quer prorrogá-lo, como fez com Neymar, que renovou recentemente até 2025.

As dúvidas do atacante campeão do mundo em 2018, cobiçado pelo Real Madrid, são a principal preocupação do PSG, que depende em grande medida do seu maior artilheiro (42 gols no total nesta temporada).

"Ele vai ficar. 100% de chances. Não se preocupe, eles têm que nos deixar trabalhar", disse o presidente do clube, Nasser Al-Khelaïfi, no domingo, após o triunfo sobre o Brest (2-0), uma vitória que não foi suficiente para conquistar a Ligue 1, conquistada pelo Lille com um ponto de diferença.

Mbappé se mostrou frustrado com a decepção no domingo. "As pessoas viram, todos viram, quando as pessoas veem é mais fácil tirar conclusões", declarou enigmático ao Canal + após o jogo.

Antes, na hora de receber o prêmio de melhor jogador da temporada da UNFP (sindicato dos jogadores), o atacante havia sido mais claro: "O que eu quero é vencer, sentir que posso vencer, um projeto sólido ao meu redor. O projeto esportivo é essencial".

- Reforços -

O futuro do camisa 7 vai depender do dinheiro em caixa do clube parisiense e das contratações a partir de 9 de junho, data de abertura do mercado.

Laterais, meio-campistas e atacantes: as novas aquisições devem chegar em todos os setores do campo.

"Vamos melhorar a equipe, precisamos desenvolvê-lo, nosso projeto é ambicioso", acrescentou Al-Khelaïfi.

O diretor-esportivo Leonardo terá de aliar a construção de uma equipe coerente e continuar a atrair jogadores de prestígio, marca registada dos donos catarianos do PSG.

Lionel Messi, Sergio Ramos e até Robert Lewandowski... A temporada ainda não acabou e a imprensa está divulgando o interesse do clube por esses superastros.

Enquanto esperam, jogadores importantes como Ángel Di María, Julian Draxler, Juan Bernat e Keylor Navas, além de Neymar, já renovaram seus contratos.

Quanto aos que estão indo embora, a situação não é clara para Alessandro Florenzi e Moise Kean, dois jogadores emprestados.

O atacante argentino Mauro Icardi, que chegou nesta temporada em uma operação de 50 milhões de euros (61 milhões de dólares), também pode sair se uma boa oferta for feita, segundo diversos veículos da mídia.

- Meses sobrecarregados -

Assim como Neymar, que viajou direto para o Brasil depois de jogar contra o Brest, os parisienses entraram de férias nesta segunda-feira.

Elas serão curtas para os muitos jogadores de seleções, devido à Eurocopa (11 de junho a 11 de julho) e à Copa América (11 de junho e 10 de julho).

O técnico Mauricio Pochettino marcou a volta do grupo ao centro de treinamento no dia 5 de julho, segundo a rádio RMC. Seu primeiro objetivo será se preparar para o Troféu dos Campeões, contra o Lille, em Tel-Aviv, no dia 1º de agosto.

ah/ama/pm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos