Renato que não contrarie a lógica: o Grêmio tem, sim, um novo goleiro titular

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

O Grêmio tem um novo goleiro titular! O Grêmio tem um novo goleiro titular!

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Esta, possivelmente, seja a frase mais pronunciada pelo torcedor do Grêmio desde a noite de sexta-feira (19), quando Brenno mostrou, sim, ser melhor que Paulo Victor e Vanderlei e merecedor da condição de novo número 1 do time comandado por Renato Portaluppi. Mesmo que ainda não esteja com seu contrato renovado - o atual vínculo vai somente até dezembro -, as conversas estão adiantadas e tendem a se definir na próxima semana.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em sua terceira partida consecutiva pela equipe tricolor, Brenno foi absolutamente decisivo para garantir a vitória por 2 a 0 sobre o Aimoré e, assim, manter os 100% de aproveitamento do clube no Campeonato Gaúcho. Em três espetaculares intervenções, encantou. Mas também, ao longo dos 90 minutos, se apresentou como um atleta absolutamente frio, seguro de suas ações, que parece não se assustar com a responsabilidade. E este cenário precisa ser valorizado daqui em diante.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Brenno já havia ido muito bem diante de Esportivo, também pelo Estadual, e Ayacucho, na Libertadores. Chegou, sim, a sua hora, O clube, desde que perdeu Marcelo Grohe, não conta com um goleiro inquestionável. Pelo contrário. Paulo Victor falhou em momentos decisivos, e Vanderlei em nada acrescentou. É por isso que me uno ao discurso de todos os azuis e afirmo: O Grêmio tem um novo goleiro titular! Só espero que Renato não contrarie a lógica e as evidências.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.