Renato Gaúcho com os dias contados no Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Renato Gaúcho foi muito cornetado pela torcida do Flamengo após empate com a Chapecoense (Dinho Zanotto/AGIF)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A alta cúpula do Flamengo já tem uma decisão a respeito do futuro de Renato Gaúcho. A ideia no clube é manter o treinador apenas até o fim da temporada, independentemente do resultado rubro-negro na final da Libertadores, marcado para 27 de novembro.

Hoje, a pressão é pela demissão imediata de Renato. Resultados ruins, falta de padrão de jogo, relação conturbada com alguns membros da comissão técnica... Vale contar que as críticas feitas recentemente pelo comandante repercutiram mal entre os médicos do clube.

Mas, Marcos Braz e Bruno Spindel, os homens do departamento de futebol, decidiram bancar Renato Gaúcho até a decisão contra o Palmeiras. Eles entendem que seria irresponsável mudar a comissão às vésperas da final da Libertadores, sem um técnico na manga.

Renato Gaúcho desembarcou na Gávea em 14 de julho. Desde então, foram 31 partidas, com 20 vitórias, sete empates e quatro derrotas. Seu Calcanhar de Aquiles é consequência dos títulos desperdiçados. 

Foi sob o comando dele que o Fla caiu na semifinal da Copa do Brasil - para o Athletico - e que praticamente deu adeus ao título do Brasileirão - são 11 pontos de desvantagem para o Atlético-MG, com um jogo a menos. A última esperança é a Libertadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos