Renato Gaúcho tem bem definidos os substitutos dos convocados no Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Isla, Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa: o Flamengo não contará com quatro titulares nas próximas três rodadas do Brasileirão, contra o Red Bull Bragantino, Fortaleza e Juventude. Por mais que pesem as ausências, o técnico Renato Gaúcho já tem bem definidos os substitutos dos selecionáveis.

Ao menos é que o o treinador indicou nas 21 partidas que dirigiu a equipe: Matheuzinho, Vitinho, Michael e Pedro devem ganhar sequência como titulares.

Isla foi titular 16 vezes com Renato Gaúcho, sendo substituído regularmente por Matheuzinho. A troca aconteceu em 10 jogos sob o comando de Renato. O garoto ainda começou quatro partidas desde a chegada do treinador, em julho.

Rodinei é outra opção e corre por fora: foi titular uma única vez e saiu do banco duas vezes neste período. A boa fase de Matheuzinho, inclusive, já gera pedidos pela titularidade do lateral, formado no Ninho, por parte da torcida.

Já no setor ofensivo, Vitinho é quem tem atuado em faixa de campo similar a de Arrascaeta. Assim, o camisa 11 - que é o vice-líder em assistências do time em 2021, atrás justamente do uruguaio - terá a missão de suprir a ausência do camisa 14. Quem também deve ganhar nova sequência é o atacante Michael, que já substituiu Everton Ribeiro em cinco partidas do Flamengo, inclusive neste último domingo, na vitória por 3 a 0 sobre o Athletico, pelo Brasileirão.

Vitinho e Michael estão entre os reservas mais eficientes da "Era Renato". O primeiro soma seis gols e cinco assistências em 18 jogos com o técnico (seis como titular). O segundo, por sua vez, atuou em todas partidas (oito como titular) desde a chegada de Renato, marcou sete gols e deu um passe decisivo. Números que consolidam ambos como os "12º e 13º titulares" do Flamengo.

Como referência, o ataque do Flamengo terá Pedro no lugar de Gabigol. Com quatro sob o comando de Renato Gaúcho, o camisa 21 já está acostumado a substituir Gabi e formará dupla com Bruno Henrique. A missão, além dos gols, será de Pedro em seguir servindo o camisa 27, que marcou cinco dos oito gols mais recentes do Fla, com duas assistências de Gabi e duas de Everton Ribeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos