Renato dispara após vitória: 'O dia que eu não tiver comando eu vou embora'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Grêmio fechou o turno do Brasileirão com vitória, mas a temperatura nos bastidores do Tricolor está nas alturas. Durante a vitória contra o Bragantino, o técnico Renato Gaúcho e o capitão Maicon tiveram um pequeno desentendimento.

Na coletiva de imprensa, o comandante explicou a situação e deu o seu recado sobre a relação com o grupo.

‘Ele tinha me pedido para sair e eu disse que ainda não. Que ele seguiria um pouco mais no jogo. Logo em seguida, ele pediu novamente para sair. Mas nada demais. O Maicon é um jogador intenso, não gosta de perder nem os dois toques. Já falamos no vestiário. Naquele momento da partida, a coisa não tava dando certo para gente e ele estava um pouco irritado. Não queria tirar ele, ele já havia me pedido. Ai ele pediu novamente e eu tirei, mas é algo normal no futebol. Importante foi a vitória. O dia que eu não tiver comando eu vou embora’, declarou na coletiva, antes de completar:

'Eu não sou padre. Não tenho time de freiras. Eu tenho um time de homens. Se o jogador não puder se cobrar... eu estou aqui há quatro anos e nunca tive problema com jogador. Vocês não querem discussão? Ou é time de freiras, ou time de mudos’.

Com o triunfo diante do Massa Bruta, o Grêmio encerrou a primeira parte do Campeonato Brasileiro na 8ª colocação, com 27 pontos.

placeholder