Renato admite ter dúvida em setor ofensivo do Grêmio

Renato Portaluppi (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)


As duas vitórias nos dois primeiros jogos oficiais do ano no Grêmio não "convenceram" o técnico Renato Portaluppi em um setor específico: o lado direito do ataque.

O próprio comandante da equipe assumiu a situação em entrevista. A fala foi inclusa no contexto onde ele não considera o elenco "fechado", admitindo a possibilidade de novos nomes serem incorporados a sua lista de opções.

>Confira as movimentações do mercado da bola no LANCE!

- Quanto ao fechamento do grupo, nunca falo que está fechado, porque quando aparece um jogador interessante, que o clube pode trazer, vamos trazer. Nesse lado direito tenho algumas dúvidas e por isso tenho insistido em fazer o rodízio por ali, até que alguém faça o que temos pedido. Aí sim pode ser que ganhe a camisa - garantiu o comandante do Imortal.

Renato também antecipou que a sua ideia é repetir estratégia conhecida de poupar jogadores, algo que foi quase marca registrada em sua segunda passagem. Para ele, isso também demonstra a inexistência de "cadeira cativa" na equipe, dando chance para que todos os seus atletas mostrem como podem contribuir:

- Tenho conversado com eles (jogadores) e dado oportunidade para todos. Aqui ninguém tem cadeira cativa.