Renan Dal Zotto anuncia seleção masculina de vôlei que vai a Tóquio

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Horas depois de a seleção masculina de vôlei conquistar a Liga das Nações com vitória sobre a Polônia, o técnico Renan Dal Zotto anunciou, neste domingo (27), a lista com os 12 jogadores que vão aos Jogos de Tóquio.

A equipe terá os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Wallace e Alan; os centrais Lucão, Maurício Souza e Isac; os ponteiros Lucarelli, Leal, Maurício Borges e Douglas; e o líbero Thales.

Os jogadores vão se apresentar no dia 1º de julho em São Paulo. Esse será também o reencontro da equipe com Renan, após o treinador se recuperar de um quadro grave de Covid-19.

"Vi uma matéria na televisão dizendo que eu tinha falecido, deixado esposa e dois filhos. Aquilo me impressionou e falei: estou morto", disse o técnico em entrevista recente à Folha.

No dia 16 de abril, o técnico foi internado três dias depois de ter recebido o diagnóstico de infecção pelo coronavírus e só teve alta em 21 de maio. Deixou o local de cadeiras de rodas e suporte de oxigênio.

No hospital, Renan teve que ser intubado e submetido a traqueostomia e a uma cirurgia vascular por causa de uma trombose. Em meio à rotina de recuperação física, ele tem participado do ambiente da seleção à distância, através da internet, enquanto o seu auxiliar Carlos Schwanke assumiu a função de treinador. Neste domingo, por exemplo, Renan conduziu a prelação por chamada de vídeo.

Não havia expectativa de novidades entre os 12 escolhidos. O central Isac, que aproveitou bem as oportunidades na Liga das Nações, desbancou a concorrência com Flávio. Nessa posição, Maurício e Lucão têm sido os titulares.

Na semifinal da Liga das Nações, na vitória do Brasil contra a França por 3 sets a 0 (25/20, 25/18 e 25/19), Isac começou no lugar de Lucão, mas deixou a quadra com dores no pé. Na final, com vitória sobre a Polônia por 3 sets a 1 (22/25, 25/23, 25/16 e 25/14), Lucão retomou a titularidade.

Aos 30 anos, o carioca Isac Santos, central do Sada Cruzeiro, vai para sua primeira Olimpíada. Na do Rio de Janeiro, ele fez parte do grupo, mas ficou fora da lista dos 12 jogadores, na época sob comando de Bernardinho.

A seleção brasileira, campeã olímpica em Barcelona-1992, Atenas-2004 e Rio de Janeiro-2016, é candidata a brigar pelo ouro no Japão.

Após a conquista da Liga das Nações, o elenco retorna para o Brasil, e os 12 escolhidos voltarão a treinar no dia 1º de julho no ginásio do Sesi, em São Paulo.

O time embarca para o Japão no dia 12 julho e fará sua estreia no dia 23 contra Tunísia. Na sequência, enfrentará Argentina (dia 26), Rússia (28), Estados Unidos (dia 29) e França (dia 31).

Confira a lista de convocados para a Olimpíada Levantadores

Bruninho

Cachopa

Opostos

Wallace

Alan

Ponteiros

Leal

Lucarelli

Douglas Souza

Maurício Borges

Centrais

Lucão

Maurício Souza

Isac

Líbero

Thales

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos