Renan Calheiros pede que Neymar, Tite e atletas da Seleção não aceitem jogar Copa América: 'Não concorde'

·2 minuto de leitura


O relator da CPI da Covid-19 Renan Calheiro fez um pedido em tom de desabafo, nesta terça-feira, sobre a Copa América. Após o Governo Federal confirmar que estuda viabilizar a competição no país, que começa ainda neste mês, o senador solicitou que os jogadores da Seleção, além do treinador Tite, não joguem. O Atacante do Paris Saint-Germain Neymar recebeu um pedido especial: "Não é este o campeonato que agora precisamos disputar".

+ TABELA: Veja a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e simule

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Uma terceira onda começa a chegar. Seria, senhores senadores, transformar essa Copa (América) em campeonato da morte. Já que não podemos fazer um apelo ao presidente da República, já que não podemos fazer um apelo ao ministro da Saúde, já que não podemos fazer um apelo à CBF, que tem se transformado em negacionista e irresponsável por querer patrocinar este eu evento, eu queria me dirigir à Seleção Brasileira, aos seus jogadores, ao seu treinador, ao Neymar - introduziu ele.

+ Entenda aqui como a Copa América veio parar no Brasil


Renan é senador do MDB e está como relator da CPI da Covid-19, que investiga ações do Governo Federal contra a pandemia de Covid-19. A frase aconteceu logo no começo da sessão que recebe, nesta terça, a médica Nise Yamaguchi, defensora do uso da cloroquina como prevenção da doença. O político ainda solicitou a conscientização do atacante do PSG.

- Neymar, eu queria me dirigir uma palavra a você: não concorde com a realização desta Copa América no Brasil! Não concorde! Não é este o campeonato que agora precisamos disputar. Agora precisamos disputar o campeonato da vacinação! É esse campeonato, Neymar, que precisamos disputar, ganhar e você precisa marcar gols para que esse placar seja alterado - comentou ele, que seguiu:

- No placar da vacinação, o Brasil ocupa um dos últimos lugares. Enquanto no campeonato da morte, somos o segundo país na morte de brasileiros. Não permita entrar em campo nessa Copa América, Neymar, enquanto seus amigos, seus parentes, seus conhecidos, continuam a morrer e a vacina não chega ao país.

Vale lembrar que os atletas da Seleção estão juntos na Granja Comary, no Rio de Janeiro, se preparando para a Copa. Membros e ex-participantes da gestão do presidente da República Jair Bolsonaro estão sendo convocados para depor para explicar as atitudes do Governo na ajuda ao Estado do Amazonas durante a ausência de oxigênio, além de falas sobre o uso da cloroquina e da compra de vacinas pelo Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos