Remo vence Brasil de Pelotas pela Série B

·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.



Neste sábado (5), o Remo recebeu o Brasil de Pelotas pela 2ª rodada do Brasileirão Série B e se deu bem. O jogo foi truncado, brigado, com muitas faltas e pouca bola no chão. Mas, ainda no primeiro tempo os mandantes marcaram com gol de Renan Gorne, de peixinho e depois só administrou o resultado.

Agora o Remo tentar reverter o placar de 2 x 0 contra o Atlético-MG, fora de casa, pela Copa do Brasil. Já na Série B volta a campo no próximo domingo (13), onde visita o Botafogo. Por outro lado, o Brasil de Pelotas recebe o Vasco, um dia antes, em casa.

Começo de jogo estudado

O início de jogo foi pouco movimentado, com o Remo buscando ações mais pelos lados, principalmente para aproveitar o bom cabeceio que tem Renan Gorne. Enquanto isso, o Xavante chegou com Bruno Matias em chute que parou em cima de Vinicius. Mais tarde, Dioguinho recebeu após cobrança de falta, fez boa jogada individual e chutou de fora, com perigo.

Azulão ao ataque!

Aos 21', Renan Gorne saiu na área, cruzou para Dioguinho cabecear firme no canto e Matheus Nogueira fazer ótima intervenção. Logo depois, o atacante voltou a arrematar e o goleiro defendeu em dois tempos. Mas, quando Thiago Ennes recebeu na direita e mandou para Renan Gorne, de peixinho, abrir o placar para o Remo.

Por fim, os paraense ainda tentaram algumas ações com Dioguinho, aproveitando bem a sua velocidade, mas sem grandes chances. Enquanto isso, os visitantes tinham dificuldades para encaixar jogadas e aproximar seus jogadores.

Reinício brigado

O segundo tempo começou bem truncado e faltoso, bem parecido com o início da primeira etapa. Aos 7', Arthur cruzou e Marlon cortou, no rebote, Marlon interrompeu mais uma finalização, salvando o Remo de sofrer o empate. Posteriormente, os jogadores tiveram um bate-boca com os remistas acusando os xavantes de não terem fair play.

O jogo seguiu com dificuldade das duas equipes em criações de jogadas. O Remo buscava finalizar rapidamente as jogadas, e o Brasil de Pelotas buscando na troca de passes, mas ambos sem grande objetividade até o final da partida.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

REMO 1 X 0 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio Baenão, em Belém (PA)

Data/Horário: 05 de junho de 2021 (sábado) às 19h

Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista/CBF-BA

Assistente 1: Marcos Welb Rocha de Amorim/CBF-BA

Assistente 2: Luanderson Lima dos Santos/CBF-BA

Quarto árbitro: Olivaldo José Alves Moraes/CBF-PA

Gols: Renan Gorne (24'/1T)

Cartões amarelos: Anderson Uchoa e Romércio (Remo), Artur e Júnior Viçosa (Brasil de Pelotas)


REMO: Vinícius; Thiago Ennes, Romércio (Kevem 28'/2T), Jansen e Marlon; Anderson Uchôa (Arthur 34'/2T), Siqueira e Gedoz (Erick Flores 34'/2T); Jefferson (Rafinha 20'/2T), Dioguinho e Renan Gorne (Edson Carius 20'/2T) . Técnico: Bonamigo.

BRASIL DE PELOTAS: Matheus Nogueira; Vidal, Leandro Camilo, Ícaro e Artur (Kevin 34'/2T); Romulo, Bruno Matias e Paulo Victor (Gabriel Terra - Intervalo); Luiz Fernando, Cristian (Welinton - Intervalo) e Júnior Viçosa (Ramon 22'/2T). Técnico: Cláudio Tencati.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos