Remo derrota Vitória fora de casa e se afasta do Z4

·4 minuto de leitura


O Remo respira cada vez mais longe do Z4 da Série B. A equipe paraense derrotou o Vitória fora de casa na noite desta sexta-feira (10), no Barradão, por 2 a 1 e deixou o time de Felipe Conceição ainda mais longe da zona de rebaixamento. Os donos da casa saíram na frente com o atacante Marcinho, mas o volante Marcos Júnior e o atacante Lucas Tocantins viraram o placar para os visitantes.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

A vitória fora de casa levou o Remo aos 30 pontos, garantiu aos paraenses o 11ª lugar da Série B e afastou ainda mais a equipe de Felipe Conceição da zona de rebaixamento. Separado agora por sete pontos do Z4, o Leão Azul começa a olha também para o G4, uma vez que a distância para o grupo de classificados para o Brasileirão 2022 é de oito pontos - Botafogo tem 38 pontos e está na quarta posição da Segunda Divisão.

A derrota dentro de casa deixou o Vitória parado na zona de rebaixamento da Série B. Estacionado nos 23 pontos, o Leão tem a mesma pontuação do Vila Nova (16º colocado), mas a equipe goiana tem um jogo a menos e mais vitórias que a equipe de Wagner Lopes na competição.

Primeiro tempo:

A primeira chance de perigo do jogo saiu aos três minutos e foi dos donos da casa. David recebeu livre na entrada da área e soltou uma bomba rasteira. A bola não entrou por um detalhe que a fez passar tirando tinta da trave direita da meta do Remo.

Melhor no jogo, o Vitória abriu o placar aos 11 minutos. Após ótimo lançamento de Bruno, Marcinho invadiu a área pela esquerda, colocou a defesa do Remo para dançar e chutou cruzado com categoria, sem chances para o goleiro Vinícius.

O Vitória chegou novamente com muito perigo aos 23 minutos. Após cruzamento pela esquerda, Matheus Morais apareceu na segunda trave e testou com força para incrível defesa do arqueiro do Remo.

Criando as melhores chances, o Leão da Barra chegou de novo com muito perigo. Aos 39 minutos, a bola cruzou a área do Remo e chegou em David na entrada da pequena área após toque de cabeça de Samuel. Na finalização de primeira, o atacante conseguiu virar um voleio, mas a bola saiu por cima da meta da equipe paraense.

Segundo tempo:

O primeiro lance de susto na segunda etapa foi do Remo. Após cobrança de falta de Gedoz, Rafael Jansen subiu mais alto que a defesa do Vitória, mas cabeceou por cima da meta do Vitória.

Aos 11 minutos o Remo chegou novamente. Após cobrança de falta lateral, Felipe Gedoz bateu fechado visando o gol, mas a bola saiu para a linha de fundo de Lucas Arcanjo.

Melhor na segunda etapa, o Remo chegou ao empate aos 16 minutos. Após jogada pela esquerda, Matheus Oliveira cruzou para o meio da área e encontrou Marcos Júnior livre dentro da pequena área com o gol livre para apenas empurrar a bola para as redes e igualar o placar no Barradão.

O lance mais polêmico do jogo aconteceu aos 25 minutos. Marcinho aproveitou uma falha de Raimar, invadiu a área, se chocou com o goleiro Vinícius e a arbitragem marcou pênalti. Após auxílio do VAR, o lance foi revisado a penalidade foi anulada.

A virada no placar saiu aos 43 minutos. Após ótimo lançamento de Marcos Júnior, Lucas Tocantins brigou com o goleiro Lucas Arcanjo dentro da área e a bola sobrou para o atacante, que ficou com o gol livre e apenas empurrou para as redes. O lance foi anulado pela arbitragem de campo, mas o VAR analisou e confirmou o segundo gol do Remo.

Só ataque nos acréscimos do jogo, o Vitória só não empatou aos 50 minutos graças a um milagre do goleiro Vinicíus. Após jogada pela esquerda, X chutou dentro da pequena área e só não igualou o placar pelo ótimo reflexo do arqueiro do Leão Azul.

Aos 51 minutos o Vitória assustou novamente. Fernando Neto arriscou da intermediária e a bola após bater no travessão do Remo.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X REMO:


Local: Estádio Manoel Barradas, Salvador (BA)
Data e hora: 10/09/2021 - 19h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (FIFA-MG)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Marcinho, Mateus Moraes, Wallace, Samuel (VIT); Matheus Oliveira, Marcos Júnior (REM)
Cartão vermelho: Caíque (VIT)
GOLS: Marcinho (11'/1°T) (1-0), Marcos Júnior (16'/2°T) (1-1), Lucas Tocantins (43'/2°T) (1-2)

VITÓRIA (Técnico: Wagner Lopes)

ESCALAÇÃO: Lucas Arcanjo; Van, Mateus Moraes, Wallace e Roberto; Pablo Siles (Cedric, aos 45/2ºT), Fernando Neto e Bruno (Soares, aos 15/2ºT); David (Ronan, aos 14/2ºT), Samuel (Matheusinho, aos 36/2ºT) e Marcinho (Eron, aos 45/2ºT).

REMO (Técnico: Felipe Conceição)

ESCALAÇÃO: Vinícius; Thiago Ennes (Pingo, aos 23/1ºT), Marlon, Rafael Jansen e Raimar; Anderson Uchôa (Marcos Júnior, aos 0/2ºT), Lucas Siqueira (Lucas Tocantins, aos 33/2ºT) e Felipe Gedoz; Arthur, Rafinha (Wellington Silva, aos 32/2ºT) e Matheus Oliveira (Jefferson, aos 31/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos