Religioso, Marinho diz que apelou até para banho de sal para tirar zica nos últimos jogos do Santos

·1 min de leitura


Na noite desta quarta-feira, o Peixe venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 0, na Vila Belmiro. Com o triunfo, o Santos se afastou ainda mais da zona do rebaixamento do Brasileirão. Vitória importante para o clube e para Marinho.

Capitão do time santista, o atacante voltou a marcar, colocando fim em um longo jejum de 16 jogos sem balançar as redes. O último tento havia sido contra o Palmeiras, ainda no primeiro turno da competição.

- A atitude foi diferente hoje para o jogo contra o Palmeiras. Enfrentamos uma grande equipe. Nossa força dentro de casa é importante, voltar a botar o coração, porque a camisa é pesada e vamos lutar até o final. Só eu sei o quanto me cobram, mas os meninos e a minha família passaram confiança. Graças a Deus hoje o gol voltou a sair. Mas aí falei para Deus também, eu estava tomando banho lá, joguei um salzinho em cima (risos). Deus, sei que tudo é o Senhor que me abençoa, mas deixa eu usar outras energias positivas também (risos). A gente vai com o que tem", disse o atacante em entrevista ao canal Première.

Marinho aproveitou para dedicar a vitória ao garoto Bruninho. A história do menino repercutiu nas redes sociais depois dele ser hostilizado por alguns torcedores, no Portão 22 da Vila, quando recebeu a camisa do goleiro Jailson após a derrota para o Palmeiras por 2 a 0, no último domingo.

- Todo mundo conhece a história do Bruninho. É uma criança que passou por essa situação. Fanática pelo Santos. Essa vitória vai para o Bruninho também - comentou Marinho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos