Relembre as mudanças e recuperações de Dorival Júnior no Flamengo

Dorival Júnior está livre no mercado (Foto: Paula Reis/Flamengo)


Dorival Júnior se despediu do Flamengo na última sexta-feira após conquistar os títulos da Libertadores e Copa do Brasil. Apesar da saída, a terceira passagem do treinador no clube ficou marcada por mudanças e recuperações no elenco rubro-negro.

+ Dorival Júnior fora do Flamengo: veja opções de técnicos brasileiros livres no mercado

SANTOS


A primeira mudança ocorreu no gol. Santos, que só atuava nas copas com Paulo Sousa, virou titular absoluto da baliza rubro-negra com a chegada de Dorival. Esta sequência fez com que o goleiro terminasse o ano com muito mais confiança e atuações seguras.

RODINEI

Rodinei, que já vinha desempenhando boas atuações com Paulo Souza, ganhou a confiança de Dorival e teve participações decisivas nas conquistas da Libertadores e Copa do Brasil. Pelas boas atuações, muitos rubro-negros pediram pela renovação do contrato do lateral, algo que era pouco discutido há alguns meses atrás.

DAVID LUIZ E LÉO PEREIRA

Com a confiança em baixa, David Luiz e Léo Pereira cresceram muito de produção com a chegada de Dorival. Ambos vinham sendo criticados pelas atuações e falhas no sistema defensivo, mas ganharam a confiança do treinador e conseguiram formar uma dupla sólida ao longo da temporada.

FILIPE LUÍS


Filipe Luís, que vinha jogando um pouco mais recuado com Paulo Souza, voltou a atuar na sua posição de origem com Dorival e conseguiu desempenhar boas atuações na reta final do ano. Pela segurança e boas atuações, o contrato do lateral acabou sendo renovado por mais uma temporada.

+ Jogadores do Flamengo se manifestam após saída de Dorival Júnior

THIAGO MAIA

Com lesões graves e atuações inconstantes, Thiago Maia vinha tendo dificuldades em obter uma sequência positiva de jogos. Isso mudou com Dorival, que começou a utilizá-lo como titular nos jogos das copas. Essa confiança fez com que o volante realizasse um das temporadas mais sólidas de sua carreira.

JOÃO GOMES

João Gomes, que vinha sendo um dos únicos destaques do Flamengo de Paulo Sousa, continuou sendo utilizado por Dorival e adquiriu ainda mais confiança nos últimos meses. Essa sequência dada pelo treinador fez com que o volante fosse o segundo jogador do elenco rubro-negro com mais minutos disputados na temporada.

EVERTON RIBEIRO

O meia, que chegou a atuar como ala-esquerdo com Paulo Sousa, estava com a confiança em baixa no Flamengo e conseguiu reencontrar o bom futebol. Jogando por dentro e um pouco mais recuado, Everton Ribeiro se tornou um dos protagonistas do Flamengo no final desta temporada. Estas boas atuações fizeram com que fosse convocado para Copa do Mundo do Qatar.

ARRASCAETA

Jogando um pouco atrás dos atacantes e com liberdade para se movimentar, o uruguaio manteve a boa fase que vinha tendo em anos anteriores e conseguiu marcar gols decisivos nas disputas da Libertadores e Copa do Brasil.


GABIGOL E PEDRO

Após muitos pedidos e poucas tentativas, Dorival foi o primeiro treinador rubro-negro a acreditar e insistir nesta dupla de ataque. Esta insistência fez com que Gabigol encontrasse uma forma diferente de atuar e proporcionou Pedro a ser convocado para a Copa do Mundo do Qatar, algo que não era discutido por conta das poucas oportunidades que o centroavante recebia no clube.


ESPAÇO PARA BASE

Outro mérito de Dorival foi dar espaço para garotos das categorias de base do clube. Com o treinador, nomes como Matheus França e Víctor Hugo começaram a receber oportunidades e ganhar casca no elenco profissional.

+ Landim revela que Flamengo desistiu da contratação de Gérson

Com a saída de Dorival, Flamengo busca pela contratação de um novo treinador para preparar a equipe rubro-negra para a disputa do Mundial em fevereiro. O nome mais cotado para vaga é Vítor Pereira, que treinou o Corinthians nesta temporada.