Relembre as “tretas” de Mauro Cezar Pereira com jornalistas, técnicos e dirigentes

Yahoo Esportes
O jornalista Mauro Cezar Pereira coleciona discussões acaloradas na TV e nas mídias sociais. (Reprodução/Twitter/@maurocezar)
O jornalista Mauro Cezar Pereira coleciona discussões acaloradas na TV e nas mídias sociais. (Reprodução/Twitter/@maurocezar)

Na última quarta-feira (06), o jornalista Mauro Cezar Pereira discutiu ao vivo com seu colega Gian Oddi, durante o programa Linha de Passe, da ESPN Brasil. Durante os comentários sobre polêmicas de arbitragem na vitória por 2 x 1 do Palmeiras sobre o Vasco em São Januário, pela 31ª rodada do Brasileirão, o clima ficou tenso com ataques mútuos insinuando parcialidade, clubismo e supostos favorecimentos aos clubes de coração de cada um deles. “Você é o machão”, ironizou Oddi em determinado momento. Após o climão, ambos gravaram um vídeo no qual parecem fazer as pazes.

Já está seguindo o Yahoo Esportes no Instagram? Clique aqui! 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Um dos principais jornalistas esportivos do país, o niteroiense Mauro Cezar Pereira é conhecido tanto pelos comentários ácidos quanto pelas discussões em que se envolve com colegas, treinadores, ex-jogadores e até um ministro. Já foi chamado por Abel Braga, hoje treinador do Cruzeiro, de menino enxaqueca.

Ale Oliveira foi cortado pelo colega 

Durante uma edição do Bate-Bola em 2015, o comentarista Ale Oliveira (hoje no Esporte Interativo) afirmou que um dirigente do Flamengo teria sondado o atacante Robinho tentando sua contratação, que acabou não se concretizando. Mauro, que não estava no estúdio interrompeu via telão afirmando que era coisa da imprensa. Em seguida, Mauro Cezar se irritou com a insistência do colega e passou a cortar as falas do colega, deixando-o também impaciente.

Leia também

Interrompeu o colega PVC no ar

Em 2014, no dia seguinte ao rebaixamento do Botafogo para a Série B, Paulo Vinícius Coelho, o PVC (hoje na Fox), analisava as razões que levaram o time carioca à queda e não incluiu as dívidas com salários do jogador Seedorf. Mauro Cezar o interrompeu e alegou que fazia parte sim, além de isentar o fechamento do Engenhão, ao contrário do que PVC afirmava.

Luxemburgo disse que MCP não arrumaria emprego fora da ESPN

O atual treinador do Vasco mandou um recado em vídeo para Mauro Cezar Pereira, mesmo sem citar o nome do jornalista. “Se você sair dessa emissora em que você está, não trabalha mais em lugar nenhum porque você é ruim”, disse Luxemburgo, se referindo às ferozes críticas de Mauro Cézar ao trabalho de treinadores veteranos. “O dedo continuará sendo colocado na ferida”, respondeu Mauro Cézar.

Abel Braga chamou o jornalista de menino enxaqueca 

O atual treinador do Cruzeiro não escapou da língua ferina de Mauro Cezar Pereira durante sua última passagem no Flamengo, em 2019. A expressão “Clube do Vinho”, criada pelo comentarista para se referir às amizades de Abel Braga com membros da imprensa esportiva ficou famosa. Após um Fla x Flu vencido pelo rubro-negro, Abel se referiu a Mauro Cézar como “menino enxaqueca de São Paulo” (Mauro Cezar, nascido em Niterói, trabalha em uma emissora de TV localizada na capital paulista.

Alfinetada no craque e comentarista Zinho

Hoje comentarista da Fox Sports Brasil, o ex-jogador Zinho defendeu que treinadores brasileiros precisam de mais tempo para trabalhar nos clubes e que criticava demissões precipitadas. “Mas quando era cartola mandava técnico embora”, alfinetou Mauro Cézar no Twitter.=, se referindo à passagem de Zinho na diretoria do Flamengo em 2012, quando Joel Santana foi demitido após poucos meses de trabalho.

Aldo Rebelo chamou o jornalista de torcedor argentino

Em 2013 no programa ‘Roda Viva’, da TV Cultura, Mauro Cezar Pereira foi um dos entrevistadores do então Ministro do Esporte. O jornalista criticou o uso de dinheiro público na construção de estádios para a Copa do Mundo 2014, além do risco de ficarem sem uso por falta de demanda. 

Rebelo perguntou se Mauro Cézar era contra a construção da Arena da Amazônia e Mauro respondeu que sim. O político se incomodou e em certo momento afirmou que no estúdio tinha até “quem torça para time argentino” (Mauro Cézar é fã do Racing) “já levou até de sete do Palmeiras” (do qual Aldo Rebelo é torcedor). “Qual a relevância disso neste contexto?”, retrucou Mauro Cezar.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também