Reinaldo é avisado que fará último jogo pelo São Paulo, e possível reforço vive clima de despedida no Fortaleza

Reinaldo é um dos alvos do Grêmio para a temporada 2023 (Foto: IMAGO / Sports Press Photo)


Conforme o LANCE! apurou, Reinaldo deve se despedir do São Paulo já nesse domingo (13), na partida contra o Goiás, pela última rodada do Campeonato Brasileiro 2022. Por outro lado, o provável reforço que deve substituí-lo, Juninho Capixabada, vive clima de despedida no Fortaleza.

ATUAÇÕES: Nestor tira chance de “redenção” de Igor Gomes em noite ruim do São Paulo

Veja tabela do Campeonato Brasileiro

O L! já havia adiantado que uma possível renovação do lateral-esquerdo com o Tricolor paulista estaria travada. O Fluminense estaria sondando o atleta do Tricolor paulista, mas ainda sem nenhuma proposta oficial.

Ainda conforme o L! apurou, o acerto que já esteve próximo de ser sacramentado em agosto teve um recuo considerável por ambas as partes. Reinaldo até topou a oferta são-paulina de lhe conceder um reajuste salarial pequeno. Mas seu estafe não gostou das luvas oferecidas. Queriam uma compensação pelo benefício em que o camisa 6 abriu mão na última renovação, ainda durante a pandemia de Covid-19.

Reinaldo já pode assinar um pré-contrato com outro time, já que o vínculo se encerra em dezembro. O lateral chegou ao São Paulo em 2013 e é um dos jogadores com mais jogos pelo time, após passagens por empréstimo por Ponte Preta e Chapecoense. Do elenco atual, é o atleta que está há mais tempo na equipe.

Neste período, Reinaldo esteve presente na conquista do Campeonato Paulista 2021, sob o comando de Hernán Crespo. Em outubro deste ano, se tornou o lateral-esquerdo mais goleador de toda a história do clube.

CLIMA DE DESPEDIDA PARA JUNINHO CAPIXABA

Juninho Capixaba parece viver um clima de adeus no Fortaleza. Um dos destaques do Brasileirão, o lateral está valorizado e já foi procurado por vários clubes do Brasil. Nesta sexta-feira, uma funcionária do Leão do Pici postou uma mensagem se despedindo do defensor.

O estafe são-paulino indicou e o técnico Rogério Ceni aprovou o nome do lateral, cujo direitos econômicos pertencem ao Grêmio. O contrato de Juninho com os gaúchos acaba no final do ano, o que permitira sua transferência gratuita ao Morumbi.