Como o regulamento da Supercopa permite decisão entre Atlético-MG e Flamengo em 2022

·1 min de leitura
Galo e Fla monopolizarm a briga pelo título brasileiro de 2021, que foi vencido pelos mineiros-(Fernando Salles / W9 Press / Lancepress!)


Poderia ser na Copa do Brasil, mas o Flamengo saiu na semifinal. Poderia ser na Libertadores, mas o Atlético deixou a competição antes da final. Agora, graças ao regulamento da Supercopa do Brasil, uma final entre o Rubro-Negro e o Galo pode finalmente acontecer.

>>> Novas lideranças: como Menin faz importante sobrenome do Atlético-MG ser 'esquecido' com o tempo


A competição prevê que caso o campeão brasileiro também seja o vencedor na Copa do Brasil, o vice-campeão do Brasileirão entra na disputa pela Supercopa. Ou seja, o Flamengo, que já tem o segundo lugar garantido, seria o credenciado para disputar a taça.

Nas redes sociais, vários torcedores lamentaram as quedas de Flamengo e Atlético nas Copas do Brasil e Libertadores, por entenderem que são os melhores times do Brasil e que as decisões seriam incríveis. Isso se confirmou com o título do Galo, favorito também à Copa. O Flamengo, por sua vez, decepcionou na temporada de 2021, e irá encerrá-la sem as três das principais taças - no ano, venceu a Supercopa contra o Palmeiras, em abril, e o Campeonato Carioca.

Flamengo venceu as duas últimas edições da competição, em 2020 e 2021: na primeira sobre o Athletico e na atual sobre o Palmeiras. Grêmio e Corinthians venceram também o torneio, em 1990 e 1991, respectivamente. Após isso, a competição ficou até 2019 sem ser disputada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos