Reformulando o elenco, Vasco cogita saídas de Rodrigo e Nenê

As eliminações na Copa do Brasil e Campeonato Carioca fizeram com que o Vasco ficasse um período de quase um mês sem jogos oficiais. Por conta do mau desempenho da equipe, comissão técnica e diretoria se reuniram e algumas mudanças podem acontecer dentro de campo.

Entre as principais alterações para a disputa do Campeonato Brasileiro, no ano em que o Cruzmaltino volta à elite, estão as prováveis saídas de dois atletas experientes: o zagueiro Rodrigo e o meia Nenê.

Rodrigo, de 36 anos, pediu licença ao clube até o fim da semana para resolver problemas em São Paulo. O que se comenta em São Januário é que o zagueiro dificilmente será reintegrado ao elenco após este período. Ele chegou ao clube em 2014 e ganhou importância dentro do grupo. No entanto, vem sendo um dos mais criticados nesta temporada.

O zagueiro teve problemas com o ex-técnico Jorginho na temporada passada, e a situação foi resolvida somente após a saída do comandante. Rodrigo colecionou polêmica com jogadores dos rivais cariocas e teve seu contrato renovado até o fim deste ano após o título do Carioca de 2016.

Já Nenê vem tendo problemas com o atual técnico Milton Mendes. O jogador reclamou de uma substituição durante o Estadual e foi criticado pelo treinador após discutir com o volante Douglas em outro confronto pelo Carioca. Além disso, o meia também não gostou do aumento da carga de treinos durante este período sem jogos.

A diretoria ainda pode dispensar mais jogadores. O consenso em São Januário é de que o ideal é priorizar o aproveitamento dos jogadores das categorias de base. Sobre reforços, o único nome especulado no clube é do zagueiro Anderson Martins, que teve passagem pelo clube em 2011, sendo campeão da Copa do Brasil.