Reforma do Maracanã impede Jogo das Estrelas e causa confusão entre Zico e diretoria do Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Flamengo
    Flamengo
  • Fluminense
    Fluminense
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - DECEMBER 28:  Brazilian former football star Zico (L) in action with Leo Moura during a charity football match organized by former Brazilian national team player Zico, at Maracana stadium on December 28, 2013 in Rio de Janeiro, Brazil.  (Photo by Buda Mendes/Getty Images)
Troca do gramado do estádio não foi informada à organização do evento, que pede adiamento da obra. Foto: (Buda Mendes/Getty Images)

Conhecidíssimo e tradicional jogo beneficente organizado por Zico, o Jogo das Estrelas pode não acontecer no Maracanã em 2021. Isso porque a reforma do gramado do estádio, programada para acontecer a partir do dia 10 de dezembro, impediria o Maraca de estar disponível para Neymar, Renato Portaluppi, Adriano Imperador e cia.

A organização do amistoso, que estava marcado na agenda desde o início deste ano, foi informada apenas no final do mês de outubro que não seria possível realizá-lo no histórico palco de finais de Copas do Mundo. Foi oferecida, pela gestão do Maracanã (administrada por Flamengo e Fluminense em conjunto), uma data alternativa, mas a questão logística impede que a partida seja alterada. As agendas de jogadores convidados, passagens, hotéis, estrutura e patrocinadores não poderiam ser adiadas. A organização da partida pede que a troca do gramado seja postergada, mas isso faria com que a previsão de entrega, que está para as partidas das semifinais do Campeonato Carioca, não fosse cumprida.

Leia também:

Equipes ligadas à organização do Jogo das Estrelas entraram em contato com autoridades municipais e estaduais, mas as intervenções não tiveram efeito. Outra cartada tentada foi uma ação do próprio Zico, que buscou conversar com Rodolfo Landim, presidente do Flamengo. O mandatário do clube da Gávea, porém, informou que o impasse é algo a ser resolvido diretamente com o Maracanã ou com a empresa responsável pela reforma do gramado.

Zico ainda cogitou realizar o evento em seu centro de treinamento, o Centro de Futebol Zico (CFZ), mas as instalações do local não permitiriam que o grande público, cerca de 60 mil espectadores, que sempre lota o Maracanã, não estivesse presente.

A operadora do Estádio do Maracanã revelou que o gramado do palco histórico para o futebol mundial será alterado para o ano de 2022. Na próxima temporada, será utilizada uma combinação de grama natural com fibras sintéticas, tornando o gramado do Maraca híbrido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos