Reforços no Palmeiras? Diretoria promete para 2020

Yahoo Esportes
Yony é um dos especulados no Verdão para 2020 (Alexandre Durão/Gazeta Press)
Yony é um dos especulados no Verdão para 2020 (Alexandre Durão/Gazeta Press)

Luiz Adriano e Victor Hugo foram os últimos reforços do Palmeiras em 2019. A garantia é da própria diretoria alviverde, convicta de que o atual elenco é suficientemente capaz de brigar pelos títulos da Libertadores e do Brasileirão.

“Não vem mais ninguém. O Felipão pediu mais um centroavante e um zagueiro canhoto e nós demos os dois reforços para ele”, explica um dirigente palmeirense, prometendo também que não venderá qualquer dos titulares até o fim da janela de transferências - em alguns países na Europa, pode-se comprar até 2 de setembro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

O Verdão gastou R$ 134 milhões com reforços - o valor inclui apenas dinheiro investido na compra de direitos econômicos. O custo dos caras novas, porém, foi ainda maior levando em consideração atletas que estavam livres, mas ganharam luvas.

As campanhas no Brasileirão e na Libertadores vão determinar as mudanças no elenco para o próximo ano. Se o time conquistar dois títulos, certamente as alterações serão menores. Em caso de fracasso, as mexidas serão muito significativas.

Os goleiros Jaílson, Fernando Prass e o zagueiro Edu Dracena, por exemplo, têm contrato somente até dezembro.

Yony fechado? Apesar das especulações, o Palmeiras jura que não fechou a contratação de Yony Gonzalez, do Fluminense. Há quem garanta até que o atacante colombiano já teria passado por exames médicos e assinado um pré-contrato com o Verdão.

“Não assinamos nada com o Yony, até porque já temos jogadores como ele no nosso elenco”, afirma o dirigente. “Estão querendo dizer que o Palmeiras tem interesse para valorizar o jogador”, acrescenta.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também