Clube grande? Reforço do Goiás, Alef Manga comete gafe em apresentação

·2 minuto de leitura


Se pelos gols marcados com a camisa do Volta Redonda a chegada do atacante Alef Manga gerou expectativas positivas por parte da torcida do Goiás, logo na sua entrevista coletiva de apresentação o avante definitivamente não agradou por conta do que pode ser considerada uma 'gafe' do atleta.

Em uma das respostas de Alef, o jogador de 26 anos de idade afirmou, com todas as letras, que vê a chance de defender o Esmeraldino para mostrar seu futebol e ir 'para um clube grande' bem como se transferir para o futebol europeu:

- Se Deus quiser, que eu possa fazer um grande campeonato aqui, sair daqui para um clube grande, poder ir para fora do país e que eu possa ajudar minha família.

Apesar da frase que gerou muita polêmica nas redes sociais, Alef também revelou que o atacante Bruno Henrique, hoje no Flamengo e com passagem importante pelo Esmeraldino, teve um papel importante na negociação pelas referências positivas.

Além disso, em outra resposta ele pontuou que vê o clube do Centro-Oeste com importância suficiente para retornar à Série A do Campeonato Brasileiro:

- Tive a oportunidade de conversar com ele (Bruno Henrique) depois do jogo. Sou fã do Bruno Henrique, acho que meu futebol é parecido. É gratificante realizar o sonho de jogar contra o Bruno Henrique e depois bater esse papo. Tinha perguntado sobre a questão do Goiás, pois ele jogou aqui. Ele foi muito educado e humilde e falou muito bem do Goiás. Fico feliz de ter conversado com o Bruno Henrique.

- Vim para ajudar o clube. As pessoas aqui acreditam no meu trabalho. Fiquei muito feliz pelo interesse do Goiás. Vim para cá pelo projeto e pela estrutura. Tenho certeza que dentro de campo vou dar muito valor para a torcida e para a equipe do Goiás, que deveria estar na Série A. É um desafio muito grande na minha carreira e espero corresponder em campo - agregou Alef Manga.