Reforço do Flu, peruano Fernando Pacheco promete muitos gols

Fernando Pacheco vai reforçar o ataque tricolor em 2020 (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
Fernando Pacheco vai reforçar o ataque tricolor em 2020 (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)


A vaga aberta pela saída do colombiano Yony González, artilheiro do Fluminense em 2019, já tem outro 'gringo' como candidato a substituto. O atacante peruano Fernando Pacheco foi anunciado pelo Tricolor, na última segunda-feira, e chegou ao Brasil com fome de gols. Em vídeo divulgado pelo canal oficial do clube, o jogador de 20 anos visitou a sala de troféus das Laranjeiras ao lado do presidente Mário Bittencourt, falou sobre como pretende jogar e prometeu balançar as redes muitas vezes.

– Sou um jogador que desequilibra por ambos os lados, tanto pela direita quanto pela esquerda. Gosto muito do um contra um, sou bem forte nisso. Acredito que a velocidade é minha maior virtude. Assim é como atuo, com boa colocação e marcando muitos gols. Estou muito feliz, pronto para jogar e já me considero um novo guerreiro – disse Pacheco.

O peruano fechou com o Tricolor até dezembro de 2023. Para contratar o atacante, o Fluminense pagou US$ 700 mil dólares (cerca de R$ 2,8 milhões) por 50% dos direitos econômicos do atleta. O restante permanece com o Sporting Cristal, clube que revelou o jogador. Na temporada passada, Pacheco participou de 36 partidas do clube de Lima e marcou dois gols. Em 76 jogos como profissional, balançou as redes cinco vezes.

Pacheco falou sobre a importância de ter um treinador com passagens por grandes clubes como Odair Hellmann e do aprendizado que pode ter ao atuar ao lado de nomes consagrados do elenco.

– O que sei do Odair são os clubes pelos quais passou. É importante ter um técnico com muita experiência, além dos jogadores e os novos companheiros que terei, com Ganso e Nenê, atletas com grandes trajetórias dentro e fora do Brasil. Para mim é uma alegra enorme dividir o vestiário com eles assim como com outros companheiros.








Carinho dos torcedores

O peruano acredita que terá uma rápida adaptação ao Brasil e agradeceu as mensagens de carinho que recebeu dos torcedores nas redes sociais.

– Hoje estou longe do meu país, mas já estive por aqui e gostei muito. Fico feliz em voltar para jogar uma uma equipe grande do Brasil. Estou entusiasmado para alcançar grandes conquistas para o clube e para mim também. Acredito que a comida é o que mais vou sentir falta, mas depois a gente se acostuma. Um jogador de futebol tem que pensar no que é melhor para ele, é isso o que importa. A música, os lugares, a praia, as pessoas que são bonitas e gostam muito de futebol são importantes. Agora que estou aqui e vou conhecer muito mais. Estou muito feliz e agradeço a todos que me escreveram no Instagram – finalizou o jogador.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também