Redes de apoio de Bolsonaro apagaram mais de 2 mil vídeos no último mês

Yahoo Notícias
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro apagaram conteúdo de canais do YouTube (Foto: André Borges/NurPhoto via Getty Images)
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro apagaram conteúdo de canais do YouTube (Foto: André Borges/NurPhoto via Getty Images)

Canais bolsonaristas no YouTube apagaram 2.015 vídeos da rede social desde o começo do mês de junho. Os dados são da Novelo Data e foram revelados pelo jornal O Globo. A empresa analisou 81 contas na plataforma e concluiu que ao menos 37 apagaram conteúdos neste mês.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O canal que mais teve conteúdo deletado foi o canal Gigante Patriota: são 1.300 a menos desde o início de junho, sendo que a quase todas as exclusões foram feitas no último fim de semana.

A retirada dos vídeos de canais de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro acontece após o Supremo Tribunal Federal autorizar a continuidade do inquérito que investiga a disseminação de notícias falsas, as fake news, especialmente contra ministros da corte e membros do Congresso Nacional.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

No fim do mês de maio, a Polícia Federal realizou operações contra blogueiros, parlamentares e empresários que apoiam o presidente Bolsonaro e são acusados de participar do esquema que fomenta a produção e disseminação de fake news.

Leia também

Um dos alvos do inquérito que investiga notícias falsas é o blogueiro Allan do Santos. Segundo levantamento da Novelo Data, ele apagou cerca de 270 vídeos do canal Terça Livre.

Outro inquérito que poderia afetar os canais bolsonaristas é o que investiga a organização de atos antidemocráticos. Foi essa investigação que levo Sara Geromini à prisão.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também