Red Bull vai a Silverstone essa semana para testar atualizações e motor do carro de 2020

Roberto Chinchero
motorsport.com

Depois de quase três meses no Japão, os técnicos da Honda retornaram à sede da montadora em Milton Keynes, próximo da fábrica da Red Bull. A volta permitiu não apenas a retomada dos trabalhos para a temporada 2020 da Fórmula 1, como também a possibilidade da equipe andar antes do GP da Áustria, com o carro deste ano.

Os engenheiros japoneses conseguiram pousar na Inglaterra pouco antes da quarentena entrar em vigor e, nas últimas duas semanas, eles retomaram os preparativos para a intensa maratona que será a temporada 2020.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Renault: aliança entre equipes de ponta e clientes na F1 deve acabar em 2022F1 lança iniciativa para promover diversidade no esporteHamilton participa de manifestação contra racismo em Londres

Com isso, a Red Bull conseguiu programar sua primeira atividade pós-Covid fora da fábrica. Nesta quinta-feira, a equipe programou um "dia de filmagens" em Silverstone, com o RB16, o carro de 2020. 

Seguindo o regulamento da FIA, Verstappen e Albon poderão andar apenas 100 quilômetros para recuperar o conhecimento do carro. Mas, para a equipe, será um momento de coletar dados sobre o modelo e talvez já testar as atualizações planejadas para o GP da Áustria.

E por falar na pista austríaca, Helmut Marko ainda não digeriu que o circuito "da firma" foi disponibilizada por dois dias para a Renault, que, na semana passada, completou um teste intenso com Ricciardo e Ocon a bordo do carro de 2018.

"Embora eles tenham entrado na pista com um carro de dois anos", disse Marko, "eles ainda foram capazes de usar as unidades de potência de 2020, e fiquei impressionado com a confiabilidade apresentada. Fico pensando se foi uma decisão inteligente usar a pista de uma equipe rival...".

VÍDEO: Live com Bia Figueiredo: rivalidades do kart e histórias com Piquet, Danica e Andretti

PODCAST: Entrevista com Christian Fittipaldi: os primeiros anos de carreira até os dias de F1

 

Your browser does not support the audio element.

Leia também