Red Bull pode construir seu próprio motor para atender novos regulamentos da F1

Jonathan Noble
·3 minuto de leitura

Com a Red Bull parecendo cada vez mais provável que assuma o controle do projeto Honda a partir de 2022, a equipe deve aumentar sua própria experiência em motores nos próximos anos.

E, se essa infraestrutura for implementada para garantir que ela continue fornecendo uma unidade de potência competitiva, ela poderá dar um passo adiante e criar seu próprio motor quando os novos motores híbridos chegarem à F1.

Falando ao Motorsport.com, o consultor de esportes a motor da Red Bull, Helmut Marko, disse que a chave para o que acontecerá é se os novos motores - que podem chegar em 2025 - serão baratos o suficiente para que a Red Bull possa fazer o investimento.

Leia também:

F1: Red Bull admite emprestar Albon para mantê-lo ativo em 2021 Hill: Red Bull precisa ouvir o mais experiente Pérez, não só Verstappen F1: Marko explica por que rebaixou Albon à reserva da Red Bull

“Se os rumores se tornarem verdadeiros, o novo motor é muito mais simples em design; que o MGU-H seja eliminado e que permaneça inovador, mas o limite de custo anual seja algo em torno de 50 milhões, então não deverá ser um problema tão complexo quanto o motor atual”, explicou.

“Isso significa que você pode fazer o desenvolvimento de tal motor com a parafernália que teremos em Milton Keynes”.

Perguntado se isso significava um motor Red Bull sob medida, Marko disse: “Correto. Seja sozinho ou em cooperação, então é uma questão de negociação, eu diria. "

O foco imediato da Red Bull, no entanto, é resolver seus planos de motor para 2022, com progresso sendo feito sobre ele assumindo o funcionamento dos motores da Honda.

Marko disse que, embora as negociações estejam em andamento com a FIA e nada tenha sido finalizado sobre o congelamento do motor que ela deseja, ele está otimista de que as coisas estão no caminho certo.

“Eu diria que está em torno de 80, 85 por cento”, disse.

Questionado sobre se havia conversas sobre o Plano B ocorrendo com a Renault sobre um acordo com o cliente caso as coisas não dessem certo, Marko disse: “Nosso foco está totalmente no projeto Honda”.

Embora a Honda atualmente tenha uma instalação em Milton Keynes e tenha trabalhado muito em sua base japonesa, Marko disse que se a Red Bull continuar com o projeto do motor, tudo será feito na área ao redor da fábrica da equipe atual.

“Nossos planos são realizar a manutenção do motor em nosso campus da Red Bull e adaptar um espaço para isso”, disse.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Cristiano da Matta revela APELIDO SECRETO de Rubens Barrichello no início de carreira na Europa

Your browser does not support the audio element.