Red Bull admite que escolheu Pérez por conhecer motor Mercedes

Jonathan Noble
·2 minuto de leitura

A Red Bull disse que a vasta experiência de Sergio Pérez com o motor da Mercedes na Fórmula 1 foi um fator importante na escolha que a equipe fez pelo piloto mexicano para o ano que vem.

Após ser dispensado da Racing Point para abrir vaga para o alemão Sebastian Vettel, Pérez substituirá o anglo-tailandês Alex Albon na Red Bull.

O editor recomenda:

Análise técnica: veja as novidades da Ferrari para o carro de 2021 Ferrari enfrenta dilema com carros de 2021 e 2022 Sainz: Ferrari não é uma equipe que "devora" seus pilotos Red Bull pode construir seu próprio motor para atender novos regulamentos da F1 F1: Red Bull admite emprestar Albon para mantê-lo ativo em 2021

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, o consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, explicou que nem tudo da escolha se deve à velocidade do piloto, que também correu por Sauber e Force India.

"Acho que esta foi certamente sua melhor temporada desde que ele entrou na F1. Isso é uma coisa. Depois há o fato de que ele correu muitas temporadas com o motor Mercedes e sabe sobre sua capacidade de resposta. Todas essas coisas falaram por ele."

Marko disse que a Red Bull sentiu que precisava ir para 2021 com uma linha de pilotos mais forte para evitar as ameaças crescentes de equipes como McLaren e Renault, mas também para ajudar a perturbar ainda mais a Mercedes.

"Você tem que presumir que a McLaren dará um passo à frente com o motor da Mercedes, e que a Renault e a Ferrari provavelmente virão bem também. Se você está cinco décimos atrás na qualificação, você não é o quarto, você é o sétimo ou o oitavo."

"Queremos ser campeões mundiais de novo no ano que vem. Portanto, precisamos de uma dupla forte com quem possamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance em termos de estratégia também."

"Pérez deve estar a uma distância 'de ataque' a Max na corrida. Veremos na qualificação, já que ninguém conseguiu chegar ao nível dele ainda. Pode ser no máximo dois décimos, talvez menos. Precisamos de força para que possamos lutar contra a Mercedes com dois pilotos."

"Espero que sejamos adversários da Mercedes novamente. Se Bottas não tiver um dia tão ruim como no Bahrein, ele cumpre seu papel muito bem. Esperamos o mesmo de Pérez", completou Marko.

Cristiano da Matta revela APELIDO SECRETO de Rubinho no início de carreira na Europa

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

Your browser does not support the audio element.