Recuperando-se bem da COVID-19, ex-médico do Vasco deixará o CTI


A torcida do Vasco recebeu uma notícia de alento neste domingo. Ex-médico do clube, Clóvis Munhoz já segue "muito bem clinicamente" na recuperação do COVID-19 e deve deixar o CTI e ser transferido para a unidade semi-intensiva do Hospital Copa D'Or, em Copacabana, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira. A informação foi divulgada nas redes sociais pelo grupo político cruz-maltino VascoMed.

O ortopedista deu entrada na unidade hospitalar no fim de março, apresentando sintomas do novo coronavírus. O diagnóstico foi confirmado no início de abril.

De acordo com informações divulgadas pelo grupo VascoMed, na última semana, Munhoz já estava se alimentando por via oral, sem o acesso venoso e deixando o leito para realizar sessões de fisioterapia e cumprir todas as etapas de recuperação do COVID-19. Além disto, ele está interagindo com toda a equipe médica que trata seu caso.

Clóvis Munhoz tem 68 anos e duas passagens no Vasco: entre 1985 e 2004 e entre 2008 e 2014. Ele fez parte do departamento médico do clube nas conquistas dos Brasileiros de 1989, 1997 e 2000, da Copa Libertadores de 1998 e da Copa Mercosul de 2000, além de diversos estaduais.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também