Recordista no meio-campo, Edenilson é elogiado por condicionamento físico

Futebol Latino
LANCE!
Divulgação/Ricardo Duarte
Divulgação/Ricardo Duarte


A cinco jogos do fim do Campeonato Brasileiro, um nome no Internacional vem se destacando desde a estreia no ano, em janeiro: o volante Edenilson. Pretendido por alguns clubes em 2019, o camisa 8 do Colorado demonstrou estar muito à vontade vestindo a camisa vermelha em 53 partidas nessa temporada e balançando as redes em oito oportunidades. Números que o fazem um dos artilheiros do elenco e o jogador da posição que mais entrou em campo pelo colorado no ano.

Além de ser o mais assíduo da posição, também é o segundo do grupo que mais entrou em campo pelo Internacional na temporada. Em geral, o meio-campista só atuou menos que o argentino Victor Cuesta. Titular em 50 partidas das 53, sua campanha é de 28 vitórias, 12 empates e 13 derrotas. Um aproveitamento de 60,37% em um ano de afirmação do volante na equipe de Porto Alegre.

Desde 2017 no Internacional, essa é a temporada em que Edenilson mais atuou e marcou gols pelo clube. Sua antiga marca foi no ano passado, onde entrou em campo em 47 partidas e balançou as redes em 5 oportunidades.

- São frutos de um trabalho que venho realizando desde a minha chegada no Inter. Tenho que agradecer ao grupo que está sempre me apoiando e ajudando no dia-a-dia. Treino muito para estar 100% em todas as partidas e quero sempre estar pronto para ajudar na busca dos objetivos e das vitórias. Temos uma boa estrutura de departamento físico, médico e técnico. E isso ajuda sempre na melhora de nosso desempenho - afirma o volante.

Responsável pela preparação física dos atletas, o preparador físico Cristiano Nunes elogia o desempenho do atleta de 29 anos de idade:

- Realizamos um controle de cargas de treino, trabalho integrado entre os componentes físicos e técnicos e isso promove boas adaptações nas respostas específicas dos atletas em campo. Um dos destaques do grupo notoriamente é o Edenilson, muito por seu alto potencial de realizar esforços de alta intensidade e sua capacidade de recuperação entre treinos e jogos. Todos esses fatores o torna um atleta de grande potencial físico e com uma alta longevidade na temporada competitiva.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também