Vivendo reabertura, São Paulo bate recorde de mortos em 24h pelo segundo dia seguido

Yahoo Notícias
Governo de SP anuncia novo recorde de mortos - Foto: Reprodução
Governo de SP anuncia novo recorde de mortos - Foto: Reprodução

Em meio à reabertura da economia, o estado de São Paulo bateu o recorde de mortes pelo novo coronavírus em 24h pelo segundo dia seguido: foram 340 óbitos [anterior era de 334 vidas perdidas] de acordo com anúncio feito pelo governo paulista nesta quarta-feira (10). Com isso, já são 9.862 vítimas da Covid-19 em todo o estado, além de 156.316 casos confirmados.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Vale lembrar que os números não significam que os óbitos e os novos casos ocorreram do dia 9 para o dia 10, já que o balanço estadual considera a data em que os diagnósticos foram contabilizados no sistema.

Leia também:

A taxa de ocupação das UTIs no estado se manteve quase a mesma: foi de 68,6% nesta terça para 69,1% nesta quarta. Na Grande São Paulo, o índice foi de 74,1% para 76,6. As informações são da secretaria Estadual.

Nesta terça-feira, Edson Aparecido, secretário de Saúde do estado, garantiu que SP não corre mais risco de viver um colapso em seus sistema de saúde.

Diante do aumento de mortes, o governador João Doria (PSDB) anunciou que as regiões de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto recuaram nas medidas de flexibilização.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Reabertura tem aglomerações

A capital paulista vive nesta quarta-feira uma reabertura que deveria ser parcial (por 4h e fora do horário de pico) do comércio de rua. Entretanto, filas e aglomerações foram registradas na capital paulista logo cedo, horas antes da reaberturas da lojas.

De acordo com a determinação do prefeito Bruno Covas (PSDB), os estabelecimentos podem voltar a funcionar entre 11h e 15h. Muito antes, ambulantes já comercializavam produtos no meio da rua e pessoas circulavam com sacolas e carrinhos.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também