Rebeca Andrade comemora ouro no Mundial: 'Representa toda minha luta'

Rebeca Andrade com a bandeira do Brasil (Ricardo Bufolin/CBG)


Medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio, Rebeca Andrade subiu ao lugar mais alto do pódio novamente. Nesta quinta-feira, a brasileira foi campeã do Mundial de Ginástica, no individual geral. Após a conquista, a ginasta comemorou em entrevista ao 'SporTV'.

+ Justiça brasileira nega extradição de Robinho para a Itália

- No Brasil, quem entende as dificuldades de uma pessoa preta tem de chegar no alto rendimento, ter oportunidades, para tentar ajudar essas pessoas. Para chegar aqui tive ajuda dos vizinhos, de emprestar dinheiro, condução, ficar na casa dos outros. Essa medalha representa toda minha luta. Estou feliz de ser quem eu sou, fazer história - disse Rebeca.

+ Ex-jogador tem parada cardíaca na casa de atleta do Cruzeiro e morre em hospital de Belo Horizonte

- Tive alguns arranca-rabos com a barra, mas segurei firme, fui até o final. Isso é ginastica: estar tão concentrada que você não erra, ou se erra chega até o final. Vejo o quanto estou evoluindo como atleta e é muito importante para mim - completou.

+ Confira a comemoração do Palmeiras no trio elétrico após a conquista do Brasileirão

Rebeca Andrade foi campeã com nota 56.899, sendo 15.166 no salto, 13.800 nas barras assimétricas, 13.533 na trave e 14.400 no solo. A norte-americana Shilese Jones foi prata e a britânica Jessica Gadirova bronze. Rebeca se tornou a primeira brasileira da história a conseguir uma medalha de ouro no individual geral.