Real Madrid viola pacto com o Atlético para contratar Theo Hernández

Foto: AP

O lateral-esquerdo Theo Hernandez está na mira do Real Madrid para a próxima temporada. Destaque do Alavés que acaba de subir para a primeira divisão e fazer grande campanha, o francês também interessa ao Atlético, o que pode matar um acordo de paz entre os rivais de Madri.

A questão não é tão complicada, mas evitou conflitos recentes entre os dois clubes. O ponto sobre Theo é que uma cláusula de rescisão de 24 milhões de euros é o único empecilho para a transferência. Ele pertence ao Atlético e está emprestado ao Alavés, mas os alvirrubros já manifestaram o desejo de reintegrar o garoto ao plantel de Diego Simeone. E aí que as coisas começaram a ferver.

No passado recente, as diretorias dos rivais firmaram uma espécie de pacto de “não-agressão” que envolvia não negociarem o mesmo jogador. Se uma equipe estivesse disposta a trazer um determinado atleta, a outra parte desistiria das conversas. Entretanto, o desenvolvimento pleno de Theo Hernandez pode colocar um fim neste acordo. O esforço da gestão de Florentino Pérez para assinar com o lateral de 19 anos parece ser o fim da linha para uma relação amistosa entre os clubes madrilenhos.

Muito ofensivo e excelente na cobertura defensiva, Theo já soma quatro assistências na temporada, incluindo uma contra o próprio Real. Ele é um dos atletas mais interessantes do plantel de Mauricio Pellegrino. Até o momento, o Alavés ocupa a 11ª posição em La Liga, mas está classificado para a final da Copa do Rei, contra o Barcelona.

Theo é produto das categorias de base do Atlético e chegou e 2012 às equipes jovens do clube. Ele é o irmão mais novo de Lucas Hernandez, zagueiro que também faz parte do plantel de Diego Simeone. É a segunda geração da família Hernandez que atua com as cores colchoneras. Em 2000, o zagueiro Jean-François Hernandez defendeu o Atleti por uma temporada e depois encerrou sua carreira pelo Rayo Vallecano.

A versatilidade dos irmãos Hernandez é visível. Ambos também possuem formação como zagueiros, mas a preferência de Theo pela lateral é o que o torna diferente e essencial para o Alavés na conjuntura atual. A escassez de atletas competentes para a posição fez com que ele ganhasse muita projeção pelo futebol que vem jogando pela equipe basca.

A imprensa espanhola, em especial o jornal “Marca”, dá como quase certa a chegada de Theo ao Real Madrid. A ligação emocional com o Atlético pode ser a única forma de impedir que esse acordo seja concretizado pela equipe do Santiago Bernabéu. Ainda de acordo com o Marca, Theo foi fortemente influenciado por Filipe Luís em seu estilo, um fator importante na escolha do seu próximo time.

Por último, faz-se necessária a pergunta: será que Theo é realmente tão talentoso a ponto de valer tanto quanto um rompimento diplomático entre Real e Atlético? Anos atrás, os madridistas deixaram Agüero e Falcao García passar e assinarem com os atleticanos em virtude do acordo de paz nas transferências. Por que desta vez seria diferente? Estamos diante da próxima novela do mercado de verão na Espanha.