Real Madrid vai denunciar Internazionale por causa de Modric

Modric e Bale durante treino do Real Madrid para a temporada 2018/19. Foto: Getty Images

Modric

Modric e Bale durante treino do Real Madrid para a temporada 2018/19. Foto: Getty Images

A cobiça da Internazionale em cima de Modric ganha novos capítulos. Segundo a Gazzetta dello Sport, o Real Madrid vai denunciar o clube italiano para a Fifa por conduta ilegal em sua tentativa de contratar a estrela croata. O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, acusa a Inter de ter entrado em contato com Modric bem antes dos seis meses de expiração do contrato do atleta com o clube espanhol, o que é considerado como ilegal de acordo com a Fifa.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Isso mostra o quanto o clube italiano queria contar com o croata e quanto o Real Madrid tenta proteger o seu jogador e evitar uma possível saída do clube. Modric tem contrato com os Merengues até 2022 e uma multa rescisória de 700 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões). A Internazionale ainda não se manifestou sobre a acusação.

Florentino Pérez se manteve irredutível em sua conduta de não vender Modric. A Inter ofereceu um contrato de quatro anos, mais dois anos no Jiangsu Suning, da China, que pertenceu ao proprietário do clube italiano, além de um salário maior. Modric, porém, se reapresentou normalmente a equipe merengue e já participou de um jogo oficial: a derrota na final da Supercopa, contra o Atlético de Madrid.

O croata publicou, após a derrota, em suas redes sociais, uma foto da partida e a seguinte legenda: "Uma derrota que não define esta equipe. Você tem que levantar a cabeça e continua trabalhando como sempre temos feito. #HalaMadrid". Mais um indício de que Modric está satisfeito onde está.

Leia também:
– Iraniana dá 'jeitinho' e tira fotos históricas em estádio
– 'Infelizmente, acabou para mim', lamenta Jean, do São Paulo
– Família de Lahm mantém clube que o revelou

2 minutos com Nicola - A matemática de Guerrero no Internacional

Leia também