Real Madrid pede precaução a jogadores em folga de fim de ano por conta da Covid-19

·1 min de leitura


De olho no aumento de casos da Covid-19 ao redor da Europa, o Real Madrid pediu precaução aos seus atletas durante o final de ano. Após liberar os jogadores para folga por conta do Natal, alguns viajaram para outros países, o que aumenta os riscos de infecção. Nas últimas semanas, o Real chegou a ter sete infectados no elenco, incluindo estrelas como Luka Modric, Gareth Bale e Marcelo.

>>> Retrospectiva LANCE!: Em ano sem títulos, Real Madrid vê Vini Jr. se transformar em estrela galáctica


O Real Madrid só volta aos trabalhos na próxima quarta-feira (29), quando inicia a preparação para o duelo com o Getafe, pelo Campeonato Espanhol, no dia 2 de janeiro. O objetivo é não perder nenhum atleta nos próximos dias, visto que os Merengues terão quatro jogos em dez dias no início de 2022.

Nos últimos dias, a 'La Liga', entidade que organiza o Campeonato Espanhol, anunciou algumas medidas para tentar frear a disseminação da doença. Entre as medidas estão a obrigatoriedade de teste antígeno todos os dias, restrições no vestiários e o uso de máscaras no banco de reservas.

Alguns atletas do Real Madrid viajaram para aproveitar a folga no fim de ano, entre eles o atacante Vini Jr. O brasileiro foi para os Estados Unidos e esteve presente em jogo do Miami Heat, na NBA, na última quinta-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos