Real Madrid não quer dar 'Ibope' para Piqué após declarações polêmicas

Clube cogitou adotar medidas legais contra defensor, mas voltou atrás para não entrar no "joguinho do jogador catalão"

O Real Madrid cogitou adotar medidas legais contra Gerard Piqué após declarações polêmicas direcionadas ao clube, mas voltou atrás para não entrar no "joguinho do jogador catalão" e dar mais publicidade ao assunto e ao defensor catalão.

Após a vitória por 2 a 0 da Espanha sobre a França, Piqué foi questionado sobre as decisões tomadas pelo árbitro de vídeo da partida e alfinetou o Real, dizendo que é só vestir uma camisa branca para ser favorecido. Além disso, o jogador do Barcelona também que garantiu 'jamais trabalharia para o Real Madrid e que não gosta dos valores que o cube transmite'.

Apesar da sua insatisfação, o Real preferiu levar as declarações como um 'esquenta' para El Clásico, marcado para o dia 23 de abril e não aumentar a polêmica envolvendo o assunto. Já o Barça, segundo Jordi Cardoner, vice-presidente do clube, apoia Piqué.