Real Madrid e Barcelona decidem Supercopa da Espanha no domingo

Real Madrid e Barcelona medem forças neste domingo (15), em Riad (Arábia Saudita), para decidir a Supercopa da Espanha no primeiro clássico de 2023.

Desde que o torneio adotou o formato com quatro equipes, em 2020, os dois gigantes do futebol espanhol ainda não tinham se enfrentado na final.

O time catalão tentará dar o troco pela derrota sofrida na semifinal da última edição da Supercopa (3 a 2 na prorrogação) e, além disso, conquistar um título que lhe daria muita moral.

"Significaria muito para nós o título, ainda mais sendo contra o Madrid. A temporada vai continuar, mas com um título no bolso tudo muda", afirmou em entrevista coletiva neste sábado o técnico do Barça, Xavi Hernández, que assumiu a equipe há um ano e ainda não levantou nenhum troféu.

- 'Demonstrar nossa vontade' -

"Faz muito tempo que não levantamos títulos. Temos que demonstrar nossa vontade, isso é inegociável", acrescentou Xavi.

O Barça não conquista um título desde a Copa do Rei de 2021, mas continua sendo o time que mais vezes venceu a Supercopa (13).

Os catalães chegam à decisão com a equipe completa, após uma semifinal complicada contra o Betis, vencida nos pênaltis (4-2) após empate em 2 a 2.

Por sua vez, o Real Madrid não poderá contar com Lucas Vázquez, que se lesionou na quarta-feira na outra semifinal, contra o Valencia, que o time merengue também venceu nos pênaltis (4-3, após empate em 1 a 1).

Atual campeão da Supercopa, o Real chega à decisão para defender seu título e continuar se ajustando na temporada, especialmente na defesa.

"O aspecto principal que consideramos é defender melhor. Há coisas a melhorar", afirmou em coletiva de imprensa neste sábado o técnico Carlo Ancelotti.

- Duelos de estrelas -

No jogo contra o Valencia, o atacante francês Karim Benzema voltou a brilhar, mostrando que recuperou seu melhor nível após sofrer com lesões na primeira parte da temporada.

"Benzema voltou. Isto nos dá muita confiança para os próximos jogos. Eu o vejo muito motivado, treinando bem, é uma peça muito importante", afirmou Ancelotti.

O francês, Bola de Ouro em 2022, terá um duelo particular com o atacante polonês Robert Lewandowski, artilheiro do Campeonato Espanhol com 13 gols.

"Voltei de lesão e fiz um bom trabalho para retornar ao meu nível, tocar a bola, dar assistências. Está claro que estou de volta", disse Benzema neste sábado.

"Estou pronto", acrescentou o atacante madridista. "Vamos ter um jogo difícil, mas temos que estar prontos para ganhar".

Os holofotes também estarão voltados para os goleiros, após as grandes atuações do merengue Thibaut Courtius e do 'blaugrana' Marc-André Ter Stegen nas semifinais.

Os dois brilharam com defesas salvadoras e garantiram as vitórias de suas equipes nas disputas de pênaltis.

- Prováveis escalações:

Real Madrid: Courtois - Carvajal, Éder Militão, Rüdiger, Mendy - Valverde, Camavinga, Kroos - Rodrygo, Benzema, Vinícius JR. Técnico: Carlo Ancelotti (ITA)

Barcelona: Ter Stegen - Roberto, Araujo, Koundé, Alba - Gavi, Busquets, Pedri - Dembélé, Lewandowski, Fati. Técnico: Xavi Hernández

Árbitro: Ricardo de Burgos Bengoechea (ESP)

gr/pm/cb