Real Madrid derrota Valencia nos pênaltis e vai à final da Supercopa da Espanha

O Real Madrid se classificou nesta quarta-feira para a final da Supercopa da Espanha ao vencer o Valencia por 4-3 na decisão por pênaltis, depois de terminar empatado em 1 a 1 na primeira semifinal do torneio de quatro times que é disputado no estádio Rei Fahd, em Riad.

Um pênalti convertido por Karim Benzema (39) colocou o Real Madrid na frente, mas Samuel Lino empatou com um chute na pequena área no início do segundo tempo (46).

O Real Madrid, atual campeão da LaLiga, teve chances de vencer a partida nos 90 minutos diante do atual vice-campeão da Copa da Espanha.

O time merengue começou dominando, mas o Valencia foi crescendo aos poucos na partida até colocar o rival em apuros.

Nos acréscimos, o atacante brasileiro Vinicius Junior, que estava quieto, poderia ter matado o jogo para os 'merengues', mas Mamardashvili defendeu com as pernas o chute à queima-roupa.

E assim o duelo foi para a prorrogação, onde nenhuma das equipes conseguiu desempatar.

No tempo extra, O goleiro Courtois se destacou fazendo uma defesa impressionante em uma tentativa de Fran Perez.

Nas penalidades as cobranças desperdiçadas por Eray Comert e José Luis Gayá permitiram aos 'merengues' vencer a partida e se classificar.

"Foi um jogo complicado e sofrido", admitiu o técnico do Real Madrid, Carlos Ancelotti, após a partida.

"Encontramos um adversário que se defendeu bem. Lidamos muito bem com isso. Estamos contentes porque é evidente que a equipe não está no seu melhor", admitiu o treinador merengue.

"Estou muito orgulhoso da equipe, jogamos com uma grande mentalidade, acho que esse é o caminho", disse por sua vez o técnico do Valencia, Gennaro Gattuso, apesar da derrota.

O Real Madrid enfrentará na final de domingo o vencedor do duelo desta quinta-feira entre Barcelona e Betis.

A Supercopa da Espanha foi disputada pela primeira vez na Arábia Saudita em 2020 no atual formato de "final four" - e permanecerá no país até pelo menos 2029, apesar das críticas sobre o histórico de violações dos direitos humanos dos anfitriões.

gr/mcd/aam