Real Madrid convoca reunião interna para discutir acusações ao Barcelona sobre arbitragem

Por Fernando Kallas

MADRID (Reuters) - O Real Madrid convocou uma reunião do seu conselho para o domingo a fim de discutir as acusações de que o rival Barcelona tentou influenciar a arbitragem, disse o atual campeão europeu e espanhol de futebol neste sábado.

Promotores espanhóis entraram com uma denúncia na sexta-feira contra o Barcelona e dois ex-presidentes do clube catalão. As acusações são de supostos pagamentos à empresa de uma autoridade sênior de arbitragem para influenciar resultados das partidas.

O Barcelona negou ter realizado qualquer ação errada.

O Real Madrid disse em comunicado que seu presidente, Florentino Pérez, convocou uma reunião do conselho de diretores para às 12h (horário local) do domingo para "decidir quais ações o Real Madrid considera apropriadas sobre esse assunto".

O clube não entrou em detalhes sobre possíveis ações.

Uma autoridade sênior do Barcelona disse à Reuters na sexta-feira que o clube esperava a denúncia dos promotores e a descreveu como "nada mais do que uma hipótese investigativa absolutamente preliminar".

A autoridade acrescentou que o Barcelona "colaborará completamente com a investigação por todos os meios necessários" e "reiterou que eles nunca compraram um árbitro ou tentaram influenciar quaisquer decisões de arbitragem".

(Reportagem de Fernando Kallas)