Real Madrid é uma equipe em transição, diz Ancelotti antes de clássico pela Copa do Rei

Por Fernando Kallas

MADRID (Reuters) - O Real Madrid está passando por um período de transição, disse o técnico Carlo Ancelotti nesta quarta-feira, acrescentando que grande parte de seu trabalho nesta temporada tem sido administrar as expectativas de seus jogadores.

Após a saída de Casemiro para o Manchester United e com estrelas do meio-campo como Luka Modric, de 37 anos, e Toni Kroos, de 33, entrando na fase final de suas carreiras, Ancelotti vem mudando sua escalação em relação à temporada passada, na qual o Real venceu a liga espanhola e a Liga dos Campeões.

No entanto, o italiano tem um dilema antes do confronto das quartas de final da Copa do Rei contra o rival Atlético de Madri, na quinta-feira, com o meio-campista francês Aurelien Tchouameni ainda se recuperando de uma lesão na perna.

Ou ele traz Modric e Kroos ou mantém a formação com Dani Ceballos e Eduardo Camavinga, que jogaram nas recentes vitórias sobre Atlético de Bilbao e Villarreal, ajudando o Real a manter a perseguição ao líder Barcelona na liga espanhola.

"Estamos passando por um período de transição em nossa primeira equipe e todos precisam entender isso", disse Ancelotti em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

"É compreensão dos veteranos e paciência dos jovens. Na última temporada, esta mentalidade foi essencial para mantermos uma boa atmosfera no vestiário, porque todos entenderam que era a melhor coisa para a equipe".

Nas outras partidas das quartas de final, o Barcelona recebe o Real Sociedad e o Sevilla joga contra o Osasuna nesta quarta-feira, enquanto Valencia e Athletic Bilbao se enfrentam na quinta.