Real-Bayern: declarações dos técnicos

Ancelotti participa de uma entrevista coletiva em Munique

Carlo Ancelotti (técnico do Bayern):

"A performance do árbitro foi pior que a nossa. Não estávamos longe das semifinais, mas fomos penalizados por decisões do árbitro. Eu sei que no futebol isso pode acontecer, mas não uma série de erros como essa. O 2º e 3º gol (do Real Madrid) são claramente em impedimento. Quando Vidal recebe o segundo cartão amarelo, ele toca a bola. Espero que no futuro o vídeo poderá ajudar o árbitro, não é possível ter erros assim nas quartas de final da Liga dos Campeões. (sobre substituição de Lewandowski) Tínhamos o controle do jogo e a ideia era nos defender bem, o tirei por motivos táticos".

Zinedine Zidane (técnico do Real Madrid):

"Acho que foi o jogo mais difícil que tive desde que assumi o Real. Jogamos contra uma das melhores equipes do mundo. Ela nos colocou em dificuldade. Eles jogaram muito bem, mas não perdemos a cabeça. Tivemos chances de marcar, mas recolocamos eles no jogo. (Sobre os erros do árbitro) Sim, conversei com Ancelotti. Ele não estava feliz e eu também não. Mas, como sempre, não vou falar de arbitragem. Quando é contra a gente, não comento, então não vou começar hoje. Os árbitros têm um trabalho difícil. (Sobre Cristiano Ronaldo) Nos momentos importantes ele sempre está lá para fazer a diferença. Ele marca três gols na hora certa e isso nos faz bem".