RB Bragantino contesta saída de Zago para o futebol japonês; entenda

Saída de Zago do Red Bull Bragantino é contestada pela diretoria (Foto:Reprodução)
Saída de Zago do Red Bull Bragantino é contestada pela diretoria (Foto:Reprodução)


O Kashima Antlers, do Japão, anunciou na noite desta quarta-feira, 1, a contratação do técnico Antônio Carlos Zago, campeão do Brasileiro da Série B de 2019 com o Bragantino. Porém, o clube de Bragança Paulista contesta a saída do técnico, já que ainda não houve o pagamento da multa rescisória, de cerca de R$ 3 milhões.

Nesta quinta-feira (2), o técnico tem uma reunião com a diretoria do Massa Bruta para finalizar as últimas pendências da sua saída. O departamento jurídico do clube de Bragança Paulista está analisando a situação.

Zago chegou a dar entrevista ao site oficial do Kashima comemorando a sua chegada ao clube japonês.

- Estou feliz em retornar ao Japão. A J-League é muito competitiva e a história que Antlers construiu é invejável. Sinto que estou de volta a um país maravilhoso, e é uma grande honra trabalhar em um clube como esse, especialmente com meu ídolo Zico. Trabalhar com ele é uma coisa especial, um desafio muito importante na minha carreira - disse.

O Red Bull Bragantino solou uma nota oficial contestando a saída do treinador. No entendimento da diretoria, Zago pediu demissão ao dar a entrevista e cobra a multa do técnico. Veja a nota.

O técnico Antônio Carlos Zago possui contrato com o Red Bull Bragantino até dezembro de 2021 (renovado após o acesso à Série A). Nos últimos dias, estava sendo negociado o pagamento da multa rescisória desse vínculo, mas o acerto não foi finalizado. Para a nossa surpresa, porém, recebemos o anúncio oficial do Kashima Antlers, em suas mídias sociais, de Zago como novo contratado do clube, com frases ditas pelo próprio técnico. Entendemos tal ato como um pedido público de demissão por parte do treinador. Assim, adotaremos todas as medidas necessárias para que as cláusulas rescisórias do contrato sejam cumpridas.


No Bragantino, o técnico foi responsável por levar o time ao título da Série B do Campeonato Brasileiro depois de 30 anos - o primeiro foi em 1989. Zago tinha contrato até o final de 2021 e era o nome da diretoria para comandar a equipe no Paulistão, na Série A do Brasileiro e na Copa do Brasil,.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também