Rayssa Leal venceu todas as etapas da SLS, mas ainda não é campeã mundial

Aos 14 anos, Rayssa Leal lidera o ranking mundial do skate street (Foto: Júlio Detefon/Divulgação STU)


Rayssa Leal, de 14 anos, está fazendo um ano perfeito nos torneios de skate. Pela Street League Skateboarding (SLS), ela venceu todas as etapas disputadas neste ano até aqui (Jacksonville, Seattle e Las Vegas). Ainda assim, a "Fadinha" não pode se considerar campeã mundial e depende de uma vitória no Super Crown, no Rio de Janeiro, neste domingo.

+ Palmeiras chega ao 11º título: veja os maiores campeões da história do Brasileirão

Pode parecer estranho uma atleta ter vencido três de quatro etapas e ainda não ser campeã, mas os três torneios preliminares, além de entregarem troféus próprios, definem apenas os quatro skatistas de cada categoria (feminina e masculina) que se classificam diretamente ao Super Crown - a final do torneio.

Neste ano, as quatro mulheres que já estão na final são as brasileiras Rayssa Leal e Pâmela Rosa e as japonesas Momiji Nishiya e Yumeka Oda. Entre os homens, estão garantidos o japonês Yuto Horigome, o norte-americano Chris Joslin, o francês Vincent Milou e o português Gustavo Ribeiro.

+ Letícia Bufoni estreia como comentarista da Globo em torneio mundial de skate

Neste sábado, os skatistas restantes disputam as outras quatro vagas de cada categoria para a grande final - participam cinco brasileiros entre os homens e duas entre as mulheres. O Super Crown ocorre no dia seguinte.

A etapa do Rio de Janeiro da SLS acontece no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.